Guilherme Santos, lateral-esquerdo, na Ponte Preta? (Foto destaque: Divulgação / Jorge Rodrigues / AGIF )

Primeiramente, após a chegada de Norberto na terça-feira (21), a Ponte Preta negocia com outro lateral. Da mesma forma, dessa vez, o nome é para o lado esquerdo, e contribuiria para a temporada 2022. Assim como, o atleta é Guilherme Santos, que vestiu a camisa do Juventude no último Campeonato Brasileiro.

Além disso, Guilherme já é experiente e acumula passagem por muitos times do Brasil. Da mesma forma, a negociação entre as partes está em fase avançada, principalmente devido ao fato de o jogador ser agenciado por Eduardo Uram. Logo, a agência tem boa relação com os homens que estão à frente do departamento de futebol da Macaca.

Assim como, o jogador fez apenas 17 partidas na temporada 2021, ficando boa parte do segundo semestre no banco de reservas. Por isso, sua chegada seria uma incógnita em termos técnicos. De maneira que, seria possível saber apenas durante a pré-temporada e, inclusive, no Campeonato Paulista com a sequência de jogos num curto espaço de tempo.

Guilherme Santos

Eventualmente, aos 33 anos, o atleta foi revelado pelo Vasco. Do mesmo modo, se transferiu para a Espanha e defendeu as camisas de Almería e Vaiiadolid.

Por outro lado, retornou ao Brasil para defender o Atlético-MG, onde não rendeu. Logo, passou por alguns times na sequência e foi emprestado para Figueirense, Santos, Atlético-GO, Bahia e Fluminense. Bem como, também jogou por Criciúma, Sampaio Corrêa, Fortaleza, Paysandu, Paraná e Botafogo-RJ.

Afinal, a Ponte Preta está no Grupo D do Paulistão, acompanhada do  Santos, Red Bull Bragantino e Santo André. De maneira que, a estreia da Macaca acontece diante do Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo, no dia 26 de janeiro.

Foto destaque: Divulgação/Jorge Rodrigues/AGIF 

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs