Futebol do Vasco poderá ter caras novas nos próximos dias

Em suma, desde a saída de Alexandre Pássaro, o Vasco não tem um departamento de futebol com profissionais. Decerto, nas últimas semanas, o próprio presidente Jorge Salgado tem conduzido as negociações para a próxima temporada da equipe. Entretanto, parece que este cenário irá mudar.

Portanto, o primeiro novo nome do futebol vascaíno é o do treinador Zé Ricardo. O comandante fará sua segunda passagem na equipe, com boas lembranças. Decerto, em 2017, levou o time a sua última Libertadores, terminando o Brasileirão daquele ano em 7º lugar. Em suma, chegaria junto a Ricardo Gomes, que ocuparia o cargo de diretor executivo. Entretanto, alguns conselheiros de Salgado não eram fã do nome do ex treinador e a negociação se encerrou.

Por outro lado, nos últimos três dias, dois nomes ganharam força para compor o departamento. O primeiro deles é de Carlos Brazil. O dirigente, hoje diretor de futebol de base do Corinthians, esteve no Vasco até agosto, onde ocupava a mesma função. Decerto, em três anos comandando as divisões inferiores do clube, revelou a maioria dos meninos que fazem parte do elenco principal hoje, como Miranda, Caio Lopes e Gabriel Pec. Com Brazil, Talles Magno e Arthur Sales, já vendidos, também apareceram nos profissionais. O nome de Carlos, desta vez, seria para trabalhar no futebol profissional, como um diretor administrativo.

O segundo nome é o do ex goleiro do time, Fernando Prass. Decerto, campeão da Copa do Brasil em 2011, Prass tem cursos como diretor de clubes na CBF e fora do país. No Vasco, chegaria para compor o cargo de gerente de futebol, papel muito atuante dentro do vestiário. Assim, somente faltaria o nome principal do CEO geral, que o clube se movimenta para contratar.

Vasco já tentou Anderson Barros – sem sucesso

Portanto, vários nomes já foram especulados para a função. De Alexandre Mattos, Paulo Pelaipe e Eduardo Freeland, o diretor que esteve mais perto foi Anderson Barros. Entretanto, com o título do Palmeiras na Copa Libertadores, o dirigente não deixará mais a equipe e frustrou os planos do Vasco. Agora, um novo nome tem conversas com o time, mas ainda em sigilo.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!