Favoritos, Ituano e Corinthians vencem na estreia da Copinha 2019

Na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019ItuanoCorinthians debutaram na edição com vitória sobre Sinop-MT Capital-TO. Enquanto os anfitriões, donos do estádio Novelli Júnior, palco dos jogos da noite, fizeram o dever de casa, o Timão chegou a ensaiar uma goleada sobre a equipe tocantinense, mas sofreram um apagão na segunda etapa e deixaram os rivais encostarem no placar que terminou 3 x 2, deixando o Alvinegro Paulista em 2º lugar do Grupo 17, atrás do time de Itu, que venceu por 2 x 0. Veja todos os detalhes da 1ª rodada do Grupo 17 da Copinha 2019.

Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019 – Grupo 17 – 1ª rodada

Ituano 2 x 0 Sinop-MT

Jogando em casa, no estádio Novelli Júnior, o Ituano bateu o Sinop-MT com tranquilidade por 2 x 0. Logo aos 16 minutos, após Canhota cobrar falta na área do Sinop, o zagueiro Bernardo subiu sozinho na segunda trave para cabecear para o fundo das redes e inaugurar o marcador. Ainda na etapa inicial, os mandantes conseguiram ampliar a vantagem. Aos 33′, o atacante Martinelli aproveitou uma falha de domínio do defensor matogrossense, invadiu a área e bateu na saída do goleiro e definiu o marcador. Antes do intervalo, o meia-atacante Donizete chutou forte da entrada da área e exigiu grande defesa do goleiro Lucão, deixa o Galo de Itu cada vez mais perto do terceiro tento.

No entanto, ao invés de administrar a diferença, o Ituano foi para cima do adversário buscando o saldo de gols. Aos 11 minutos, Martinelli avançou pelo meio e bateu de fora da área, mas Lucão espalmou para escanteio. Mas os Rubor-negros não conseguiram manter o ritmo e caíram de produção. Por outro lado, a missão do Sinop era tomar poucos gols e se fechou para tal, sem sequer reagir. Com o resultado o Ituano lideram o Grupo 17 com três pontos e dois de saldo de gols, contra apenas um de saldo do Corinthians.

Corinthians 3 x 2 Capital-TO

Favorito a liderar no grupo e também ser campeão da competição, o Corinthians não teve vida fácil contra o Capital-TO. Quem imaginas as típicas goleadas de Copinha, se enganou. O time do Tocantins chegou a incomodar até quando estava 0 x 0. Porém, o Timão estava em ordem e conseguiu encaixar seu jogo, abrindo três gols de vantagem em pouquíssimo tempo. Mas quem assustou primeiro foi o Capital, aos 13 minutos, após erro do lateral Igor. Jorge chegou a finalizar, mas o zagueiro Caetano salvou no último instante. Depois disso, só deu Itaquera.

O time alvinegro controlou o jogo e apertou até abrir o marcador e foi logo três de cara. Roni, aos 30 minutos, aproveitando rebote da trave após arremate de João Celeri. No lance seguinte, Fessin avançou pela esquerda e cruzou para Fabrício Oya dominar sozinho na área e ampliar. E Oya, de novo, juntamente com Fessin, marcou aos 42′, após cobrança ensaiada de escanteio e chute certeiro do camisa 10.

Na segunda etapa o jogo mudou. O Corinthians voltou apagado e o Capital mais ligado, mas nada que levasse susto. O time tocantinense parecia entregue, e os paulistas tinham tudo para aumentar a vantagem. Mas, em uma falha do goleiro Diego, o adversário criou expectativa. Aos nove minutos, o Jeffinho chutou e o goleiro soltou um rebote nos pés de Jorge e viu o Capital-TO diminuir o placar. O gol não mudou a partida imediatamente, mas o Corinthians seguiu em baixo ritmo, meio descomprometido em campo. As seis substituições possíveis foram utilizadas pelo técnico Eduardo Barroca, mas nada mudou. Aos 37′, em mais um erro corintiano, desta vez após cobrança de escanteio de Jeffinho, o zagueiro Túlio diminuiu e ficou por isso mesmo. O resultado coloca o time de São Paulo na 2ª posição, liderados por Ituano.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados