Falcioni Independiente

Logo após a derrota inesperada sofrida contra o Atlético Tucumán no último domingo (2), o Rei de Copas terá de lidar com outro problema. Afinal, o técnico do Independiente, Julio César Falcioni, que já não esteve presente nesta partida, também irá desfalcar o clube no duelo de terça-feira (4), pela Copa Sul-Americana. Em suma, o clube enfrenta o Bahia, jogando em Salvador, e não terá a presença do seu comandante na beira do campo.

Desfalques do Independiente

A princípio, Falcioni atravessa um delicado problema pessoal. Sem entrar em mais detalhes para não expor o treinador, o clube apenas comunicou que ele não integrará a comissão técnica no próximo jogo. Portanto, não viajou com a delegação no voo que aconteceu hoje, às 14h. Sendo assim, o técnico interino Pedro Monzón deve comandar o time no banco de reservas pelo segundo jogo seguido.

Além disso, o clube também se preocupa com outros desfalques. Posto que, Lucas Rodríguez não deve atuar devido a uma sobrecarga muscular. Assim, Gastón Togni e Thomas Ortega são alternativas para substituí-lo. Da mesma forma, no meio-campo, já que Domingo Blanco e Lucas Romero estão cansados por causa da grande sequência de jogos. Então, Lucas González, Alan Velasco e Insaurralde ficam como opções.

Independiente x Bahia

Apesar da ausência do técnico Falcioni, o Independiente encara o Bahia nesta terça-feira (4), na Arena Fonte Nova, às 19h15 (horário de Brasília), pela 3ª rodada da Copa Sul-Americana de 2021. No momento, o Rei de Copas é o líder do Grupo B, com seis pontos conquistados após duas vitórias em dois jogos. Por fim, a partida terá transmissão da Conmebol TV, no pay-per-view.

Foto destaque: Divulgação/Independiente

Carlos Soares
Carlos Soares
Além da enorme paixão pelo esporte, eu sempre tive facilidade com a comunicação no geral. É uma habilidade que me destaca em qualquer ambiente que esteja. O desejo de fazer jornalismo surgiu devido a vontade de fazer com que essa aptidão possa me proporcionar grandes desafios em minha carreira profissional, principalmente na área esportiva. Ao ingressar na faculdade e estagiar na área, descobri diversas abordagens diferentes que o jornalismo pode ter e a quantidade de histórias que estão esperando para serem contatadas. O que fez eu me interessar ainda mais pela profissão e querer desempenhar um fazer jornalístico objetivo e de qualidade.

Deixe uma resposta