Dudu completa 100 jogos com a camisa do Vila Nova: “Aprendi muito”

Na noite desta sexta-feira (24), na vitória sobre o Goiás no clássico, Dudu completou 100 jogos vestindo a camisa do Vila Nova. Natural de Manacapuru, cidade metropolitana de Manaus, no Amazonas, o volante chegou ao Tigre em 2013, aos 17 anos. Em 2016, após 19 jogos e dois gols pelo Colorado, foi emprestado ao Grêmio, de Porto Alegre.

Em seguida, em 2017, o time gaúcho comprou os direitos do atleta, que, inicialmente, compôs a equipe sub-19. No entanto, no mesmo ano, já subiu para o sub-23. No ano seguinte, o Grêmio emprestou Dudu ao Vila. Posteriormente, passou por Remo, Votuporanguense e Jaraguá.

Por fim, em 2020, o volante polivalente voltou ao Tigre. Assim, conquistou o tricampeonato da Série C e, com isso, o acesso para a Série B de 2021. Ao todo, Dudu marcou cinco gols com a camisa colorada. O mais recente deles, em resumo, foi no último dia 12 de junho, na vitória por 1 x 0 sobre o CSA.

“Passa um filme pela minha cabeça. Cheguei ao Vila Nova em 2013 para compor o sub-17. As coisas foram acontecendo. Em 2014, fiz minha estreia pela equipe profissional, contra a Portuguesa, e desde então venho trilhando passo a passo até chegar a esta marca de 100 jogos. Quis o destino que fosse contra o nosso maior rival, o Goiás. Estou muito feliz por alcançar esta marca no clube onde fui revelado, onde estive na maior parte da minha vida, onde cresci e passei da vida adolescente para a vida adulta. Aprendi muito aqui no Vila Nova”, declarou o volante.

Próximo compromisso de Dudu com o Vila Nova 

Pela 27ª rodada da Série B, na terça-feira (28), o Colorado recebe o Operário no OBA, em Goiânia, às 21h30 (horário de Brasília). Em resumo, momentaneamente, o Vila Nova ocupa a 14ª, com 30 pontos. 

Foto destaque: Divulgação/Douglas Monteiro/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).