Diego Tavares aparece no BID e pode estrear pelo Vila Nova

No início da noite desta quinta-feira (23), o nome de Diego Tavares, ex-Figueirense, apareceu no boletim informativo diário da CBF, o BID, como jogador do Vila Nova. Dessa forma, o atacante de 30 anos está à disposição do técnico Higo Magalhães e já pode estrear com a camisa colorada. O atleta, contudo, ainda não foi anunciado oficialmente.

A saber, Diego chegou a Goiânia na última quarta-feira (22) para fazer exames. Posteriormente, já participou do treinamento da equipe. Portanto, há possibilidade do atacante ficar no banco de reservas no próximo duelo do Vila Nova contra o Goiás, nesta sexta-feira (24).

Diego Tavares aparece no BID e pode estrear pelo Vila Nova (Reprodução/CBF)
Diego Tavares aparece no BID e pode estrear pelo Vila Nova (Reprodução/CBF)

Trajetória de Diego Tavares

Em resumo, o atleta foi artilheiro do São Bento no Campeonato Paulista, com quatro tentos, e estava atuando pelo Figueirense na Série C. Pela equipe catarinense, em 18 jogos, Diego marcou três gols. Além disso, o atacante tem passagens por Paraná, Sampaio Corrêa, Avaí, entre outros.

Próximo compromisso do Vila Nova e possível estreia de Diego Tavares

Após empate em 0 x 0 com o Confiança, abrindo a 26ª rodada da Série B, nesta sexta-feira (24), o Colorado visita o Goiás no Estádio da Serrinha, às 19h (horário de Brasília). Assim, no clássico goiano, enquanto o Vila Nova tenta se distanciar da zona de rebaixamento, o Esmeraldino pretende colar ainda mais no líder Coritiba.

Desfalques e retorno

Para o duelo, o Tigre não conta com o lateral-esquerdo Bruno Collaço, suspenso, nem com o meia Renan Mota, lesionado. Além disso, Pedro Bambu ainda é duvida. A saber, na ponta defensiva, Willian Formiga assume a titularidade. Por outro lado, o volante Dudu retorna de suspensão e volta a ser titular.

Retrospecto Goiás x Vila Nova

De acordo com o site Futebol de Goyaz, as equipes se enfrentaram 320 vezes. Assim, o Goiás venceu 152 duelos, enquanto o Vila Nova saiu vitorioso em 81 jogos. Além disso, outras 87 partidas terminaram empatados. Por fim, quanto ao número de gols, o Esmeraldino também leva a melhor: 479 contra 337. A saber, no 1º turno da Série B, o clássico terminou em 0 x 0.

Foto destaque: Divulgação/Patrick Floriani/Figueirense FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).