Depois de duas temporadas no exterior, Matheus Barbosa retorna ao Vila Nova

Revelado pelo Vila Nova, o zagueiro Matheus Barbosa voltou ao clube após ser emprestado por duas temporadas e já treina com o plantel colorado. A saber, em 2019, o time de Goiânia negociou a ida do defensor por empréstimo para o Al Ittihad Kalba, dos Emirados. Na sequência, o atleta de 22 anos se transferiu para o FC Felgueiras 1932, de Portugal.

Em suma, o jogador surgiu no sub-17 do clube em 2017. No ano seguinte, já pelo sub-19, participou de 12 jogos e marcou um gol. Posteriormente, em 2019, pelo sub-20, marcou um tento em 28 partidas. Além disso, esteve na conquista inédita da medalha prata na Universíade, em Nápoles, pela Seleção Brasileira Universitária, em 2019.

Matheus Barbosa foi regularizado no BID (Reprodução/CBF)
Matheus Barbosa, zagueiro do Vila Nova, foi regularizado no BID (Reprodução/CBF)

Próximo compromisso do Vila Nova

Na sequência da Série B, pela 16ª rodada, neste sábado (7), o Colorado recebe o Sampaio Corrêa, às 21h30 (horário de Brasília). A princípio, o duelo ocorre no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia.

Retrospecto

De acordo com o site oGol, as equipes se enfrentaram 13 vezes. Assim, enquanto o Vila Nova venceu sete partidas, o Sampaio Corrêa triunfou em três. Por fim, ocorreram três empate entre os times. Além disso, os goianos também levam a melhor quanto ao número de gols: 24 contra 12.

Desfalques do Colorado

Primeiramente, o volante Pedro Bambu foi diagnosticado com uma avulsão dos tendões do músculo da coxa. Portanto, o atleta desfalca o Tigre até setembro. Em síntese, o jogador de 34 anos sentiu a lesão na etapa inicial da partida contra o Busque, no dia 21 deste mês, e teve de ser substituído por conta disso.

A saber, Bambu é o segundo volante colorado a se lesionar, desfalcando o time goiano. Recentemente, Deivid teve diagnóstico de edema ósseo no tornozelo e, assim, permanece no departamento médico do clube. Em contrapartida, recentemente, o Tigre contratou Moacir para a posição.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC 

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).