Cruzeiro

O Cruzeiro oficializou, na última quinta-feira (28), o pagamento da menor parcela da dívida com o Zorya, da Ucrânia, pelo atacante Willian “Bigode”. Ele foi contratado em julho de 2014, por uma quantia total de € 3,5 milhões, junto ao Metalist, que faliu e teve seus direitos passados ao Zorya. Dessa forma, o valor acertado foi de € 600 mil, aproximadamente de R$ 3,8 milhões, que o clube tinha até esta sexta-feira (29) para quitar e não ser punido. A equipe celeste ainda deve € 1,2 milhão, cerca de R$ 7 milhões, que serão pagos no segundo semestre de 2020.

A Raposa foi salva, mais uma vez, por Pedro Lourenço, conselheiro e dono da rede Supermercados BH. Desse modo, o principal patrocinador do clube fez o pagamento do valor integral para os ucranianos. Em live no canal oficial do Cruzeiro no YouTube, o novo presidente do time, Sérgio Santos Rodrigues, explicou o andamento da negociação com o clube do leste europeu:

“São dois processos com o Zorya. Foi noticiado que a dívida era de 11 milhões, mas o nosso jurídico destrinchou os processos e viu que agora tínhamos que fazer somente este pagamento, de cerca de 4 milhões de reais. São dois processos distintos contra o mesmo clube, sendo que um deles aguarda julgamento de recurso. Pagamos o que venceria nesta sexta-feira“.

CLUBE EVITA NOVA PERDA DE PONTOS

Sendo assim, o Cruzeiro evitou uma nova perda de pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe celeste já havia sido punida, no dia 19 deste mês, por não ter pago o débito com o Al Whada, dos Emirados Árabes, pelo meia Denílson. Ele veio por empréstimo em julho de 2016 e a dívida era de € 850 mil. Assim, a Raposa terá que começar o campeonato com menos seis pontos. Entretanto, o clube mineiro evitou perder outros seis, na competição que ainda nem se iniciou, graças ao acerto com o Zorya.

Foto destaque: Reprodução/Pedro Vilela/Getty Images

Avatar
Nestor Ahrends
Estudante de jornalismo (ESPM-Rio). 19 anos. Nascido e criado em Petrópolis-RJ. Apaixonado por futebol e amante de esportes em geral.

Artigos Relacionados