Crespo (Foto: Erico Leonan/São Paulo)

O ex-treinador do São Paulo, Hernán Crespo, está ameaçando ir à FIFA contra o time. Afinal, segundo o argentino, o clube não resolveu algumas pendências exigidas desde a rescisão contratual. Além disso, o acordo de redução da multa foi feito de forma verbal, mas o Tricolor está demorando para oficializar esse trâmite. Assim, o dinheiro demora cada vez mais para chegar na conta da comissão técnica.

Dessa forma, a conversa mudou de tom e não está mais tão amigável. Por isso, os agentes do comandante foram incisivos na cobrança e deram alguns dias para a diretoria resolver as pendências. Caso contrário, será movida uma ação contra a instituição pela FIFA. Assim, o Tricolor pode ter prejuízos financeiros e esportivos. Já que, atraso e falta de pagamentos podem culminar em perda de pontos em competições nacionais.

Leia mais:

São Paulo tem problemas extra-campo com Crespo

Embora a ideia de cobrá-los de forma explícita, os agentes também têm interesse de resolver a situação de maneira secreta. Assim, poupa o clube de mais polêmicas e permite que Crespo busque uma nova equipe com mais tranquilidade. Então, a diretoria são-paulina já busca resolver a situação o quanto antes.

A atitude do São Paulo é vista com maus olhos. Afinal, Crespo e sua comissão técnica aceitaram reduzir as cifras que devem ser recebidas a fim de ajudar o clube economicamente. A princípio, o valor da multa era de 4 milhões de reais aos auxiliares do argentino. Além disso, o comandante recebeu cerca de 750 mil dólares (2,7 milhões de reais).

Embora haja esse tipo de problema extra-campo, a saída de Crespo foi bem tranquila. O clube anunciou a demissão do argentino após um desempenho ruim no Brasileirão. Contudo, o treinador foi campeão Paulista e ajudou o time a encerrar o jejum de nove anos sem levantar taças.

Foto Destaque: Divulgação/Erico Leonan/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.