Luan com a camisa do São Paulo (Foto: São Paulo)

O Tricolor Paulista está movimentado no mercado da bola. Afinal, muitos nomes estão circulando nos corredores do Morumbi. Assim, o clube já acertou com Rafinha, ex-Grêmio e Jandrei, ex-Santos. Apenas o primeiro foi anunciado oficialmente. Além disso, Allison, Wesley Moraes, Douglas Costa, Ferreira e Wesley Moraes podem estar chegando. Por outro lado, algumas saídas são iminentes. Confira a situação de Luan no São Paulo.

Em suma, o primeiro reforço do São Paulo é o lateral-direito. Assim, a contratação deve impactar diretamente na numeração de outro atleta: Luan. Decerto, o ex-Grêmio e Flamengo vai usar a camisa 13, pois é o número que o acompanha durante toda a carreira.

Luan deve vestir a camisa 8 no São Paulo

Sabe-se que volantes costumam usar o número cinco, mas Arboleda já é o dono dessa numeração, assim como a 6, que pertence a Reinaldo. Então, a que sobrou é a número oito, que deve estampar as costas de Luan na próxima temporada. Contudo, o peso histórico da camisa 8 é imensurável para o São Paulo. Por isso, a grande responsabilidade será para um jogador que se destacou em 2021.

A camisa 8 teve representantes que fizeram história com a camisa do São Paulo. Inclusive, a numeração foi bem representada nos três mundiais que a equipe conquistou. Afinal, em 92, Toninho Cerezo foi campeão jogando bem. No ano seguinte, Doriva que usava a oito. Por outro lado, em 2005, Josué se eternizou como ídolo, novamente conquistando o mundo.

Da mesma forma que os companheiros de posição, Luan quer fazer história no São Paulo. Então, vestindo a camisa 8, a responsabilidade aumenta e as ambições são maiores.

Na temporada anterior, quem vestiu a camisa 8 foi Benítez. O argentino desempenhou o papel de armador da equipe nos jogos que atuou. Contudo, não teve o vínculo estendido para 2022 e retorna ao Independiente.

Foto Destaque: Divulgação/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.