Coritiba enfrenta adversários da parte de baixo da tabela 

De antemão, depois da derrota para o Botafogo na última rodada, o Coritiba terá pela frente uma sequência contra adversários da parte de baixo da tabela. Para assim, se manter como líder do Campeonato Brasileiro Série B. 

Desse modo, o Coxa abre a série contra o Londrina (17º), depois encara o Brusque (13º), Vila Nova (16°) e Vitória (18º). Vale ressaltar, que dois rivais se encontram na zona de rebaixamento, e outros dois estão próximos. Sendo assim, o retrospecto do Verdão contra equipes da parte inferior da tabela é positivo. Portanto, são seis vitórias, três empates e uma derrota, dando em média 70% de aproveitamento. 

Na 1ª colocação da Série B com 39 pontos, o Coxa precisa de mais 25 para alcançar o número magico de 64, pontuação que garante o acesso a elite, segundo especialistas. De maneira mais simples, o clube paranaense tem que vencer mais oito jogos e empatar um, em 17 jogos restantes. 

Por isso, caso vença todos os confrontos contra os últimos colocados, o Coritiba vai atingir 51 pontos, ficando a 13 do número que garante subir de divisão. Desse modo, contra o Londrina, o paraguaio Gustavo Morínigo não vai poder contar com o volante Val, que está suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo.

Essa sequência é importante também, porquê vai aproximar o técnico do Coxa da marca de 50 jogos pelo equipe. Assim, Morínigo é o treinador com mais tempo no cargo desde 2015. Desse modo, o paraguaio soma 44 partidas no comando do Alviverde, o último com uma sequência tão grande no cargo foi Marquinhos Santos, que ficou 49 jogos na passagem mais recente pelo Coxa Branca.

Próximos jogos do Coritiba 

  • Londrina: 01/09, quarta, 21h30 – Estádio do Café 
  • Brusque: 07/09, terça, 19h – Couto Pereira 
  • Vila Nova: data e horário a definir – Couto Pereira 
  • Vitória: data e horário a definir – Barradão 
  • Guarani: data e horário a definir – Couto Pereira 

Foto destaque: Divulgação/Coritiba

Cristian Moraes
Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Turim ou Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte influencia às pessoas, e o mundo. Não me limito apenas a assistir, mas a consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!