São Paulo treina finalizações

Nesta sexta-feira (12), o São Paulo treinou bastante as finalizações, visando o jogo contra o Flamengo. Assim, a equipe de Rogério Ceni busca balançar as redes diante do próximo adversário, que é muito forte. Os atletas tiveram folga no dia anterior e agora estão com foco total em livrar o time do rebaixamento e, talvez, classificar à Libertadores.

O São Paulo possui o 2° pior ataque do Campeonato Brasileiro. A equipe não está com a pontaria bem apurada nesta temporada. Por isso, insistir nos treinamentos de finalização é de suma importância na visão do técnico. Além disso, Rogério Ceni sabe que todo gol perdido contra a equipe carioca pode ser fatal. Afinal, o Flamengo costuma equilibrar bem os seu sistema ofensivo e defensivo.

Leia Mais:

São Paulo treina finalizações

Na atividade, Ceni fez um trabalho tático em que a grande maioria dos atletas participaram. Na sequência, chutes em situações similares as de jogo foram trabalhadas. Claro, atividades físicas também estiveram na rotina do clube na tarde desta sexta-feira (12).

Decerto, a expectativa de gols da torcida são-paulina está em cima de Calleri e Rigoni. Afinal, a dupla argentina é muito goleadora, inclusive, o camisa 77 é um dos destaques desse time no Brasileirão. Todavia, a fase não é boa e ambos precisaram “colocar o pé na forma”. Assim como Luciano, que está em um grande jejum de gols, cerca de 10 jogos. O atacante vem demonstrando muita insatisfação com essa situação.

Em suma, o São Paulo teve alguns jogadores que não estiveram nestas atividades. Luan, Galeano e Willian seguem se recuperando de lesões. Enquanto isso, Arboleda está com a Seleção Equatoriana, disputando as Eliminatórias para Copa do Mundo. 

O São Paulo volta a campo contra o Flamengo neste domingo (14), às 16h (horário de Brasília), no Morumbi, pela 32ª rodada do Brasileirão.

Foto Destaque: Divulgação/Erico Leonan/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.