CSA diminui chance de rebaixamento para 2%

É certo que o CSA não passa por um ano fácil. Em outras palavras, o clube vive uma temporada de muitos reforços, trocas de técnicos e poucos resultados. Contudo, o Alviceleste consegue um alívio após a recente vitória contra o Londrina: diminuir suas chances de rebaixamento para apenas 2%.

Depois de uma sequência de quatro jogos sem vencer e da troca de Ney Franco por Mozart no comando da equipe, a vitória do CSA sobre o Londrina, por 2 x 0, afastou o Azulão do fantasma do rebaixamento. Assim, o time precisa encontrar constância para se manter na Série B em 2022.

As chances do Azulão cair para a Série C do Brasileirão diminuíram para 2%, segundo o site Infobola. Desse modo, o CSA pode respirar com tranquilidade para concretizar de vez a permanência na Série B. Em contrapartida, as chances de acesso para a primeira divisão também são mínimas e atualmente atingem 3%.

Os desafios do CSA na temporada

O Azulão do Mutange tem mais 14 partidas pela frente no Campeonato Brasileiro, dentre elas estão todos os quatro integrantes do G4 atualmente: Coritiba, Goiás, Botafogo e CRB. A partida contra o clube carioca é a próxima no calendário azulino e acontece na quinta-feira (23), às 19h (horário de Brasília).

Hoje, o CSA é o 12º colocado no campeonato e está há oito pontos do Vitória, clube que se encontra na ponta do Z4 ocupando a 17ª colocação.

Foto destaque: Divulgação/CSA

Breno Araújo