Brusque x Chapecoense como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Na noite desta quinta-feira (5), Brusque e Chapecoense se enfrentaram pela 6ª rodada da Série B. Nesse sentido, em um jogo movimentado e ineficiente por ambas as equipes, o confronto terminou em 0 x 0.

Assista aos melhores momentos de Brusque x Chapecoense

1º tempo: boas chances mas aproveitamento ruim

A etapa inicial teve muito movimento e boas chances criadas pelas duas equipes. No entanto, os ataques foram ineficiente e não conseguiram aproveitar suas oportunidades. Logo no 1º minuto, Alex Sandro recebeu um bom lançamento, mas foi travado na hora por Victor Ramos.

Seis minutos depois, Pará cruzou e Alex Sandro não conseguiu desviar para o gol da Chape. Posteriormente, o alviverde respondeu em um chute de fora da área de Orejuela que esquentou a mão de Ruan Carneiro. Já no fim da etapa inicial, Orejuela arriscou de novo, mas com o desvio no meio do caminho, a bola foi para fora.

2º tempo: muito movimento e pouco perigo

Na volta dos vestiários, a Chapecoense tentou ditar o ritmo do jogo mesmo jogando longe de seus domínios. Nesse sentido, rondava a área quadricolor diversas vezes, mas levou pouco perigo. Chutes fracos e para longe do gol eram frequentes.

A grande chance da 2ª etapa veio aos 48′, já no último lance. Em um contra-ataque quatro contra três, Claudinho foi carregando e, na entrada da área, encheu o pé para uma boa defesa de Ruan Carneiro.

Brusque x Chapecoense – e agora?

Com o empate, o Brusque chegou aos sete pontos, na 9ª posição. Enquanto isso, a Chapecoense segue no G4, com nove pontos. Na sequência, o Quadricolor viaja para o Paraná, enfrentar o Londrina, às 11h (horário de Brasília), do sábado (14). Por outro lado, a Chape recebe o Sport, na sexta-feira (13), às 21h30 (horário de Brasília).

Foto Destaque: Divulgação/Breno Küster Nunes/AGIF

Gabriel Vicco
Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.