Botafogo-SP: retrospecto não favorece na luta contra rebaixamento

- Time de Ribeirão Preto terá que lutar em campo e contra os números
Botafogo-SP luta contra a história para não sofrer o descenso

O Botafogo-SP terá que travar uma luta não só dentro de campo para fugir do rebaixamento para a Série C do Brasileirão. Em 23 jogos são apenas 18 pontos conquistados, com 5 vitórias, 3 empates e 13 derrotas. Da mesma forma apenas 13 gols marcados e 24 sofridos.

Se dentro de campo está complicado, com o técnico Moacir Junior pedindo reforços, os números poderiam ajudar o Tricolor? As notícias não são boas para o torcedor. De acordo com o retrospecto, desde 2018 quem começa a 23ª rodada do Brasileirão Série B na 19ª colocação acaba rebaixado.

Botafogo-SP em 2018

No Brasileirão Série B de 2018, na 23ª rodada o 19º colocado era o Sampaio Correia. Nesta época o time tinha 21 pontos, três a mais que o Botafogo-SP em 2020. Nesse meio tempo o time chegou a figurar em 16º, mas na 36ª rodada, ao mesmo tempo em que venceu o São Bento mas sofreu o rebaixamento para a Série C.

2019

No Brasileirão Série B de 2019, o 19º colocado na 23ª rodada era o Criciúma. Com 23 pontos ao contrário do Botafogo-SP que possui somente 18, o time de Santa Catarina sofreu muito no fim do campeonato e somou somente mais três vitórias que em nada ajudou. Dessa forma o time acabou sofrendo o rebaixamento na 31ª rodada. Por fim o Tigre terminou o campeonato com 9 pontos em 19ª posição.

2020

Definitivamente a situação do Botafogo-SP está sendo a mais delicada. Na 19ª rodada o time tem apenas 18 pontos e flerta com o rebaixamento, mudanças no comando técnico e brigas políticas fazem com que o clube tenha um clima instável. Atualmente o clube terá que vencer todas as partidas em casa e ainda vencer alguma partida como visitante para assim se livrar do fantasma do descenso.

Por fim, o clube terá que lutar muito para se livrar do rebaixamento, a situação não será e não está simples, o próximo jogo é na sexta (27), fora de casa contra o Figueirense em confronto direto.

Imagem Destaque:  reprodução/Botafogo-SP

Felipe Fernandes
Felipe Fernandes
Escolhi o jornalismo por entender que grande parte dos problemas do mundo podem se resolver com comunicação. Ser jornalista é ser meio fofoqueiro mas com embasamento e responsabilidade. Já trabalhei no SBT RP, Tv Unaerp, Rádio Unaerp. Sou uma pessoa muito tranquilo, torço para o time do Jornalismo FC.

Artigos Relacionados

Topo