A princípio, o CRB tinha tudo para fazer uma Série B tranquila em 2021 e encerrar o incômodo jejum de 37 anos sem participar da elite do futebol brasileiro. No entanto, o Galo da Pajuçara patinou nas últimas rodadas e viu o seu sonho se esvair a conta-gotas. Hoje fora do G4, o clube alagoano ainda luta por uma vaga na Série A. A situação não é desesperadora – o CRB soma 57 pontos a duas rodadas do final do campeonato, dois a menos que o 4º colocado Guarani de Campinas. Nesse sentido, a nossa ideia é apontar as causas para o declínio da equipe na reta final da competição e examinar as possibilidades de acesso do Galo da Pajuçara.

Baixo aproveitamento em confrontos diretos

O CRB vacilou demais quando enfrentou as outras equipes que também lutam para subir de divisão. Entre a 26ª e a 32ª rodada, ou seja do jogo contra o Avaí ao duelo diante do Coritiba, o Galo da Pajuçara não venceu uma partida sequer – descontando o triunfo sobre o Náutico (1 x 3). Foram duas derrotas (Avaí e Botafogo) e três empates (CSA, Guarani e Coritiba). Antes disso, já havia perdido em casa para o Goiás. O desempenho ruim demoliu o psicológico do CRB e atrasou os alagoanos na briga pelo acesso. Para desgosto da torcida, o filme das temporadas anteriores – nas quais o clube foi incapaz de conseguir subir – parece se repetir de um modo cruel e amargo.

A recuperação dos concorrentes do CRB

Não bastasse essa má sorte do CRB também houve o restabelecimento da força dos rivais diretos. Especialmente o Guarani de Campinas. Há seis rodadas, o Bugre parecia ser carta fora do baralho. Bem, a coisa mudou de figura. Afinal, a Série B é majoritariamente equilibrada e um tanto traiçoeira. O Goiás vacilou como o CRB, mas hoje está entre os quatro melhores e a uma vitória do objetivo. Roubou a vaga de um Avaí que parecia encaminhar bem sua subida. Os catarinenses não vencem há três jogos e agora estão em desvantagem na briga. Curiosamente, essa pode ser a chave para o acesso do CRB: o fator de imprevisibilidade que a competição carrega. Nada está garantido.

As probabilidades de acesso à Série A

O Botafogo já subiu e o Coritiba precisa de um empate nos dois jogos que restam. São eles que brigam pelo título. Segundo o site Chance de Gol, após o fim da 36ª rodada, o CRB é o time que possui a menor probabilidade de acesso (12,9%). 3º colocado com 61 pontos, o Goiás puxa essa fila (82,7%). Guarani (53%), Avaí (36,7%) e CSA (14,7%) completam o rol de candidatos. Falando em um português bem claro e sucinto: é vencer ou vencer. O time de Allan Aal não tem escolha. Mais que isso, pois também precisa secar os adversários supracitados. Encara um desesperado Vitória em casa e encerra a Série B contra o Operário em Ponta Grossa. Enfim, preteou o olho da gateada.

Foto destaque: Divulgação/ Francisco Cedrim

André Filipe
Apaixonado pela dimensão histórica do futebol e pela ciência da bola. Gremista desde a Batalha dos Aflitos para o que der e vier. Sinto na escrita o calor latente das minhas paixões profissionais. Historiador, jornalista esportivo e jogador de pôquer nas horas vagas.