A bruxa está solta na Ponte Preta. Rodrigão com virose é ausência. (Foto destaque: Álvaro Jr/PontePress)

Inicialmente a bruxa está solta na Ponte Preta. Assim como Gilson Kleina vai ter mais uma ausência neste sábado (11), às 11h, para o duelo contra o Cruzeiro. De maneira que o comandante vai precisar fazer a terceira mudança por necessidade na Ponte Preta. Ao passo que após ficar sem Léo Naldi, com uma lesão ligamentar no tornozelo direito e Thiago Lopes, o atacante Rodrigão com uma virose, não viajou com a delegação para Minas Gerais e João Veras é o substituto natural.

Juntamente com isso o treinador já tinha confirmado a estreia do lateral-esquerdo Marcelo Hermes no lugar de Rafael Santos. Do mesmo modo o jogador é emprestado do Cruzeiro.

Da mesma forma no meio a tendência é que André Luiz, que volta a ficar à disposição após ficar fora do jogo contra o Sampaio Corrêa por pertencer aos maranhenses. Bem como ocupe a vaga de Léo Naldi.

Em suma, o próprio Kleina também não estará no banco de reservas da Macaca em Sete Lagoas. Ainda mais que já que está suspenso por três cartões amarelos.  Por outro lado o comando do time ficará a cargo dos auxiliares Sandro Forner e Fabiano Xhá.

Conquanto, Kleina viajou e comandou o treino no CT do Atlético-MG, na manhã desta sexta-feira (10). Ou seja, a Ponte encerrou a preparação para enfrentar o Cruzeiro.

A bruxa está solta

Simultaneamente com 25 pontos, a Macaca tem dois a mais que o Vitória, que abre a zona de rebaixamento. Decerto busca a primeira vitória fora de casa na Série B para se afastar da degola. A provável Ponte tem Ivan, Felipe Albuquerque, Ednei, Cleylton e Marcelo Hermes; André Luiz, Marcos Júnior e Fessin; Richard, Moisés e João Veras.

 

(Foto destaque: Álvaro Jr/PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs