No começo da tarde desta sexta-feira (19), o Vitória surpreendeu os torcedores, anunciando a demissão do técnico Geninho do comando do clube. Além de comunicar a efetivação de Bruno Pivetti no comando até o final de 2020.

Conforme o Rubro-Negro, a decisão foi tomada de forma amigável. Da mesma forma, explicou que a dispensa foi a fim de buscar um equilíbrio financeiro. Já que a situação acabou ficando pior com a pandemia do novo coronavírus.

Posto que Geninho comandou a equipe do Vitória durante 78 jogos, lembrando que ele chegou ao Leão em setembro de 2019 com a finalidade de substituir o então treinador Carlos Amadeu.

Nota Oficial do Vitória

“O Esporte Clube Vitória comunica que acertou amigavelmente nesta sexta-feira (19) o desligamento de Eugênio Machado Souto, o Geninho, e a efetivação de Bruno Pivetti como técnico até o final da temporada de 2020.

A decisão do afastamento de Geninho do comando técnico foi tomada em função da busca incessante da direção atual do clube pelo equilíbrio financeiro diante da grave situação herdada de gestões anteriores, agravada com a considerável perda de receitas ocasionada pela pandemia do coronavírus.

O EC Vitória agradece a Geninho pela conduta profissional em sua terceira passagem pelo clube e deseja boa sorte. O treinador chegou ao rubro-negro em setembro do ano passado.

Com a efetivação de Bruno Pivetti, o ex-zagueiro do clube, Flávio Tanajura, passa a ser o auxiliar principal do futebol profissional.”

Foto Destaque: Letícia Martins/ECV

Nesta sexta-feira (19), o Vitória anunciou através de nota oficial publicada em suas redes sociais, a demissão do técnico Geninho que comandava o time desde setembro 2019

Avatar
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Artigos Relacionados