Nesta rodada de domingo (30) do Campeonato Holandês, cinco jogos aconteceram válidos pela 7ª rodada. Foram  três vitórias dos mandantes e dois empates. Um dos destaques de hoje foi a quantidade de cartões vermelhos (6), sendo dois deles para o Willem II e dois para o Vitesse. Entre os vencedores, Feyenoord e Heracles continuam na cola do Ajax, enquanto o duelo para sair de baixo da tabela entre Groningen e Utrecht terminou empatado, assim como AZ Alkmaar x PEC Zwolle.

EREDIVISIE – 7ª RODADA

Heracles 2 x 1 FC Emmen

Partida que aconteceu às 7h15 teve como marca o equilíbrio entre as duas equipes. Logo aos 6′, Brandley Kuwas abriu o placar a favor dos mandantes, o jogador foi o destaque da partida, com duas chances criadas e com quatro dribles certos, além de dar a assistência para o segundo gol, marcado no minuto seguinte pelo sueco Peterson. A equipe visitante conseguiu diminuir apenas aos 23′ do segundo tempo, em pênalti cobrado por Anco Jansen.

Apesar da vitória, o jogo foi bem equilibrado, tendo o Emmen com 54% da posse de bola e mais chutes ao gol do que os donos da casa. Um fato curioso foram o número alto de lesões ocorridas, com Niemijer pelo lado do Emmen, enquanto Merkel e Dalmau foram os “sortudos” do Heracles.

AZ Alkmaar 2 x 2 PEC Zwolle

Apesar do empate, os donos da casa foram superiores na partida, com mais posse de bola, chutes, passes e duelos ganhos. Entretanto, números não entram em campo. Diante disso, os visitantes souberam aproveitar as oportunidades e conseguiram sair com um ponto do AFAS Stadion.

O AZ fez 1 x 0 aos 10′ com Idrissi, não demorou muito para o PEC empatar com Vito Van Crooy aos 36′. No segundo tempo, o treinador John van den Brom fez duas alterações para deixar o time mais ofensivo, o que fez a diferença aos 31′ com gol de Guus Til, mas os visitantes não desistiram e empataram aos 43′ com Zian Flemming.

Groningen 1 x 1 FC Utrecht

Em jogo de desesperados, o resultado não agradou nenhum dos lados. Os visitantes saíram na frente aos 16′ com Sander van de Streek e o primeiro tempo permaneceu assim até o final. Mas depois de Simon Gustafsson ser expulso aos 21′, a situação complicou para o Utrecht.  Foram necessários apenas 11 minutos para que Mendes Moreira empatasse o jogo.

Um jogador a menos mudou totalmente o rumo da partida, prova disso é que dos 15 chutes dos mandantes no jogo, 11 foram no segundo tempo, além de permanecer 61% com a posse de bola. Os mandantes ficam na penúltima colocação com apenas 4 pontos, enquanto os visitantes estão uma posição acima, com 6.

https://twitter.com/fcutrecht/status/1046404550347886592

De Graafschap 2 x 1 Willem II

Partida foi marcada pelas expulsões de Akkaynak (18′) e Palacios (64′), ambos do time visitante. Os donos da casa abriram o placar com Nijland aos 21′ e ainda perdeu um pênalti com Bakker cobrando na trave aos 28′ do primeiro tempo. Mesmo com um a menos, o Willem foi buscar o empate aos 4′ do segundo tempo com Saddiki, depois de assistência de Crowley. Com dois a mais, a bola ficou com os mandantes por 67%  e o gol da vitória saiu aos 44′ em gol contra de Fernando Lewis.

https://twitter.com/DeGraafschap/status/1046440787863461888

Feyenoord 2 x 1 Vitesse

Nesse jogo, foram três expulsões, sendo uma delas do craque Van Persie. O terceiro colocado do campeonato foi superior na partida, com 19 chutes, sendo um deles na trave e o dobro de passes trocados. Entretanto, a vitória veio suada e de virada. Os visitantes abriram o placar aos 32′ com Matús Bero e o empate só veio no começo do segundo tempo, com Eric Botteghin.

Aos 15′, Thomas Bruns foi expulso e complicou a vida do Vitesse, que não saiu com um ponto por conta de Van Persie, que marcou aos 42′. Logo em seguida, o próprio foi expulso e ainda deu tempo para mais um vermelho, aos 50′ Doekhi finalizou o festival de cartões.

https://twitter.com/Feyenoord/status/1046445084529631238

Samuel Resende
Tenho 19 anos, natural de Belo Horizonte e sou estudante de jornalismo pela UFMG. A paixão pelo futebol me fez querer seguir nessa área, desde pequeno é meu assunto favorito e sempre tentei observar o aspecto tático e ir além do que o torcedor comum enxerga. Seja nacional ou internacional, tudo o que envolve esse esporte me interessa, não está só na minha veia, mas também na alma.

Artigos Relacionados