Vasco x Chapecoense é contestado após divulgação do áudio ao VAR

O jogo Vasco x Chapecoense realizado no último domingo (31), pela 22ª rodada do Brasileirão Série B ainda está rendendo. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o áudio do VAR da partida. E o Vasco, por sua vez, está contestando o resultado do jogo. 

As duas equipes empataram em 0 x 0, mas o Cruzmaltino não se conformou com o resultado e portanto reclamou de um pênalti não marcado em Eguinaldo, no segundo tempo. No lance, o atacante do time carioca reclama de um toque do jogador da Chapecoense, contudo o árbitro da partida mandou o jogo seguir. 

“Ele para de correr. Ele sente o contato e se joga. Para mim nada a marcar. Contato é lateral, e a queda após parar de correr. Nada a marcar”, disse Vinícius Furlan, árbitro da partida. 

Vasco x Chapecoense – contato com a CBF

Portanto, o Vasco disse que enviaria um ofício à CBF para ter acesso ao áudio e às imagens do VAR no jogo contra a Chapecoense. No clube, o clima é de revolta tanto entre jogadores, qaunto entre dirigentes e funcionários. O time carioca também questiona a expulsão de Nenê. 

Além disso, não é somente o Vasco que tem reclamado do VAR do Campeonato Brasileiro. Clubes da Série A também estão apontando erros da equipe de vídeo, como o Palmeiras que reclamou da postura no jogo contra o São Paulo, pela Copa do Brasil

A presidente do clube alviverde, Leila Pereira, inclusive, pediu ao presidente da Comissão de Arbitragem da CBF providências quanto aos erros, como uma punição aos culpados. A entidade reconheceu que vem acontecendo uma série de falhas e garantiu que tais problemas não vão mais ocorrer.

Todavia, não é o que se vê dentro de campo, como no jogo da Chapecoense contra o Vasco, que continuou cheio de polêmicas mesmo depois do apito final. Agora o Cruzmaltino corre atrás do prejuízo.

Foto destaque: Tiago Meneghini/Chapecoense

Danilo Siqueira
Danilo Siqueira é formado em Jornalismo pela Universidade Tiradentes (Unit) de Sergipe. Fez o curso Entrando no Jogo, do repórter Gustavo Berton, e sente necessidade de escrever sobre futebol todos os dias.

Deixe um comentário