Vasco terá opções para montar time que enfrenta o Bahia

Em suma, o Vasco tem opções para escalar seu onze titular inicial no domingo (15), contra o Bahia. O treinador Ricardo deverá mexer no time que começará jogando, após o desempenho da equipe na vitória contra o CSA, no último sábado (7).

Decerto, o gol da vitória, por 1 x 0, saiu no segundo tempo, quando o treinador mexeu na equipe e colocou Juninho, Figueiredo e Palácios. Os três deram mais movimentação e o time passou a finalizar mais. Os três, inclusive, participaram do lance do gol de Pec:

“Entraram bem, principalmente Junior, Figueiredo e Palácios. O Junior com capacidade pequena de jogar, não queríamos forçar a barra. Ele só entra no final, é quanto ele poderia, já saiu bastante cansado. Entendíamos que era um momento que se colocasse mais ritmo, poderíamos criar. Acho que fizemos o gol no momento em que já estávamos criando mais. Pode ser que tenhamos uma mudança, sim, para o jogo de domingo”.

Dúvidas também nas laterais

Decerto, o treinador também falou sobre as opções que tem para as laterais. Nas primeiras rodadas, Riquelme e Edimar se revezaram na esquerda. Por outro lado, Gabriel Dias ganhou a vaga na direita e virou o dono da posição, sem ameaças:

“Antes de mais nada, a gente confia muito nos nos nossos laterais. Fica numa forma bem clara que temos na esquerda um lateral mais ofensivo e outro mais defensivo, e na direita igual. Isso só traz responsabilidade de trabalhar aqueles que tem mais fraqueza. A volta do Edimar no último jogo teve função tática. A gente detectou eles faziam muitos cruzamentos no segundo pau.

O Edimar entrou com isso, teve bom rendimento na questão ofensiva. Tanto que ele foi muito bem avaliado na rodada, e o Riquelme dá exatamente o contrário, aquele volume, aquela leveza na triangulação, que a gente muitas vezes pede. Isso é importante ter essa variação, essas duas opções. É jogo a jogo para poder utilizá-los naquilo que achamos importante. A vinda do Gabriel Dias ajuda o Weverton, eles se completam. Logicamente que a parte da estratégia é só uma parte, a outra parte tão importante ou até mais é aquilo que o jogador tem dentro de si, a confiança e a atitude para executar aquilo com clareza”.

Mais opções para o ataque do Vasco

Por fim, o atacante Erick está de volta as opções e pode até começar jogando. O jovem, reforço para o Brasileirão, jogou apenas duas vezes e se machucou no aquecimento da partida contra a Ponte Preta, onde sairia jogando. falou sobre mais uma opção para o ataque:

“Sobre o Erick, espero contar com ele, já está com a gente no campo, muito provavelmente possamos contar com ele numa parte do jogo. E sobre o nenê, já estamos conversando com ele, ele já entendeu que, da maneira como é a Série B, é necessário às vezes fazer uma alteração. Ele está com dois cartões, então isso (poupar) vai acontecer em algum momento. Vamos ser obrigados a poupá-lo por alguma situação”.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!

Deixe um comentário