Vasco Bruno Nazário

Em suma, o Vasco segue seu trabalho de reformulação do elenco para a temporada de 2022. Após a confirmação de mais de 15 saídas de jogadores, o time age no mercado para repor todas as peças. Até agora, são sete contratações, que poderão se transformar em nove , logo logo.

Decerto, o time tem negociações em andamento com mais dois jogadores. O lateral-direito Weverton, de 22 anos, pertence ao Red Bull Bragantino e assinará com o Cruzmaltino por empréstimo de um ano. O jovem lateral perdeu espaço na equipe paulista, que busca fechar com um novo defensor sul-americano. Portanto, Weverton ficou conhecido no cenário nacional quando deu uma caneta em ninguém menos que Neymar. Na ocasião, o lateral foi convocado por Tite para treinamentos da seleção principal e protagonizou lance que deu o que falar, já que Neymar revidou com uma agressão, e foi duramente criticado.

Meia versátil chegando

Portanto, o outro novo reforço do time é o meia Bruno Nazário, de 28 anos. O jogador esteve no América-MG na última temporada, onde não conseguiu jogar por muitas vezes como titular. Nazário é conhecido da torcida vascaína, pois defendeu o Botafogo em 2020.

Decerto, ele se encaixa no perfil de jogadores que o Vasco vem procurando. Em suma, a versatilidade para o ataque é o ponto principal de todos os novos nomes ofensivos. Raniel, Vitinho e Isaque atuam em mais de uma posição entre meia e atacante. Portanto, Nazário já deverá estar com o elenco no início da próxima semana.

Chegadas e saídas do Vasco

Em suma, o time confirmou mais duas saídas na tarde desta sexta-feira (7). O goleiro Fintelman defenderá, por empréstimo, o Bangu, durante o Campeonato Carioca. Já o lateral-direito Cayo Tenório, jogará no Azuriz, do Paraná, até o fim do ano, quando termina seu contrato com o Vasco.

A saída em definitivo confirmada é do meia Lucas Santos. O jovem de 22 anos será jogador do Tombense-MG, com 20% do passe ainda fixado ao Gigante.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!