Vasco perde receitas milionárias por não conseguir o acesso; Entenda

Em suma, com a permanência na Série B para a temporada de 2022, o Vasco deixará de arrecadar receitas milionárias, contando todas as áreas esportivas. Em entrevista ao GE, o Vice Presidente de Finanças, Adriano Mendes, comentou sobre a vida financeira do clube neste último ano.

Decerto, Adriano deu valores de quanto o Vasco não ganhará por conta do não acesso. Entre receitas de TV e marketing, o valor chega na casa dos R$100 milhões:

“De cotas de televisão, aproximadamente R$ 70 milhões. É a perda direta. Será um pouco mais do que isso, porque naturalmente quando você sobe, você tem algumas receitas, como sócio-torcedor e marketing. No financeiro, conservadoramente, a gente sempre estima um valor menor. Mas eu confio na torcida que tem o Vasco no coração e como companheiro de vida. Acredito que essa torcida continue abraçando o Vasco. Mas conservadoramente, a nossa estimativa é que a gente perca entre R$ 30 e R$ 40 milhões, além da cota de TV”.

https://www.youtube.com/watch?v=p6evi8HostI&t=1994s

Planos ousados de recuperação financeira do Vasco

Adriano Mendes revelou um plano ousado desta atual diretoria: ter um time com poder de investimento alto em até quatro anos. Decerto, para o dirigente, o trilho de recuperação da equipe já está acontecendo, independente de divisão. Em suma, o plano detalhado por Adriano e pelo Presidente Jorge Salgado mostrou que apesar do Vasco não voltar a Série A em 2021, o futebol da equipe está “redondo”, com contas que se pagam, e ainda, um poder de investimento um pouco maior do que foi feito nesta temporada:

“Nosso plano sempre foi subir para a Série A, mas não ocorreu. A gente sabe onde quer chegar. A gente tem um norte e sabe o que quer entregar. Vai demorar muito? Em três ou quatro anos vamos chegar onde queremos chegar, que é fazer com que o Vasco, de uma vez por todas, esteja entre os melhores e fique. Ao longo desses anos, vão surgir dificuldades e a gente vai ajustando. Para dar certo, você precisa saber como enfrentar eventuais percalços no meio do caminho”.

Foto destaque: Divulgação/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!