Vasco divulga balanço financeiro do ano de 2020

Nesta sexta-feira (30), o Vasco em evento inédito o clube realizou uma coletiva – em forma online – para apresentação do balanço patrimonial referente ao exercício de 2020. Assim, Durante a transmissão, a diretoria vascaína divulgou uma dívida líquida de R$ 832 milhões. Além disso, R$ 314 milhões deste valor precisam ser pagos ainda em 2021.

Em entrevista coletiva, o presidente Jorge Salgado e o vice-presidente de finanças, Adriano Mendes, falaram sobre o momento delicado do Cruzmaltino, mas passaram confiança à torcida de que o problema será sanado durante esta nova gestão, que completou três meses agora em abril. Desta forma, precisou demitir muitos funcionários no início do ano. Além disso, o time caiu para a Série B, trouxe prejuízo, e refletiu um rombo de mais ou menos de R$ 70 milhões só neste quesito.

ABRE ASPAS

– A gente precisa ter superávit para tratar dívida de R$ 800 milhões, para ter time forte e ter o Vasco que queremos. O desafio é grande. Em 2020, tivemos R$ 192 milhões de receitas e despesas da ordem de R$ 250 milhões. Isso só mostra o quão duro foram as demissões que fizemos. Ninguém gosta de demitir, conheço os funcionários. São dedicados. É duro, mas infelizmente é o que a gente tinha de fazer. Temos receita de R$ 100 milhões e a despesa não poderia continuar de R$ 250 milhões – disse .

VASCO E O BALANÇO

Dívida atual do Vasco:

Tributária: 331 milhões
Cível: 145 milhões
Trabalhista: 235 milhões
Bancária: 121 milhões

Contudo, um novo programa de sócio-torcedor será criado para que os vascaínos ajudem o clube a tentar sair dessa crise. Assim, uma das soluções também será o aumento de venda de atletas, algo frisado por Adriano Mendes, VP de finanças do clube, além de uma nova gestão de futebol. Desse modo, contratos com teto e por produção. Ademais, redução da folha e acertar os salários.

Foto Destaque: Reprodução/ Vasco TV

Avatar
Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.

Deixe uma resposta