Vai fazer falta? Léo Naldi vai desfalcar a Ponte Preta na sequência da Série B do Brasileiro.(Foto destaque: Diego Almeida/PontePress)

Em primeiro lugar a Ponte Preta vivendo um momento com sequência de bons jogos em casa e tem uma perda certa para a sequência da série B, segundo boletim médico pontepretano. De maneira que o volante Léo Naldi vai desfalcar time por conta de uma lesão ligamentar no tornozelo. Tal como a pergunta é essa vai fazer falta?

Da mesma forma o jogador deixou o campo no início do segundo tempo da vitória por 3 x 2 contra o Sampaio Corrêa, com dores no tornozelo direito. Assim também o atleta passou por exames e teve constatada “uma lesão ligamentar, além de uma contusão óssea”, conforme informou o clube na tarde desta quarta-feira (8).

Decerto “o atleta se encontra em tratamento e o prazo de recuperação irá variar de acordo com a evolução clínica do jogador”.

Similarmente a Ponte não falar em um prazo de recuperação, a estimativa é que Naldi leve pelo menos um mês para ser liberado. Assim, o volante só deve voltar a atuar na reta final da temporada.

Vai fazer falta?

Vale lembrar que é o segundo problema físico grave de Léo Naldi na atual Série B. Primeiramente aconteceu diante do Sampaio Corrêa, no turno, quando  precisou passar por uma artroscopia no joelho direito e ficou aproximadamente dois meses fora.

Ocasionalmente Naldi se junta ao zagueiro Thiago Lopes que sofreu um estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. A saber a Ponte também atualizou a situação do atacante Niltinho, que agora já realiza o processo de transição física.

Dessa maneira sem Naldi, o técnico Gilson Kleina conta com o retorno de André Luiz, volante, impedido de atuar na última sexta-feira (3) já que está emprestado pelo Sampaio Corrêa. Assim também a tendência é André Luiz no meio de campo, formando dupla com Marcos Júnior.

Em conclusão com 25 pontos, a Macaca tem dois a mais que o Vitória, que a abre a zona de rebaixamento. Bem como busca a primeira vitória fora de casa na Série B para se afastar da parte de baixo da tabela.

 

(Foto destaque: Diego Almeida/PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário