Umberto Louzer muda o estilo do Atlético após chegada

Antes de mais nada, o ano do Atlético-GO pode ser dividido em dois momentos em 2022: antes e depois de Umberto Louzer. A saber, com a chegada do treinador o Dragão recuperou o padrão de jogo. Bem como, alcançou importantes marcas até aqui.

Feitos de Umberto Louzer no Atlético-GO 

Sob o comando do novo técnico, o Atlético-GO conquistou o título do Goiano com goleada sobre o rival Goiás. Além disso, enfileirou 13 jogos sem perder. Bem como, conquistou a primeira vitória em uma competição internacional no Estádio Antônio Accioly. Ademais, foi o primeiro time goiano a vencer uma partida na Argentina e ainda se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil

Além disso, Umberto Louzer conseguiu resgatar alguns jogadores que não vinham sendo usados. Sem dúvida, casos do meia Shaylon, dos laterais Jefferson e Artur Henrique, Wanderson e Edson. Bem como, potencializou atuações de atletas como Dudu, Jorginho, Marlon Freitas, Wellington Rato e Léo Pereira

Dentro de campo o modelo de jogo, o volume e o ímpeto da equipe, principalmente jogando no Accioly, agradam bastante torcedores e diretores. Com superioridade diante de Flamengo, Botafogo e Goiás, o Atlético-GO sofre com a dificuldade de transformar as chances criadas em gols. Mas, mesmo assim o trabalho do treinador é elogiado. A saber, o Dragão tem, em média, 14 finalizações a gol por partida, de acordo com números do FootStats

Fora de campo

Além dos bons números dentro de campo, a gestão de grupo e o trabalho no dia a dia por parte do treinador também é muito elogiado por diretores e jogadores. Em diversas entrevistas, o presidente do Atlético-GO, Adson Batista, elogiou o potencial de Umberto Louzer e a forma como comanda os trabalhos e o desenvolvimento do grupo. 

Decisão

Nesta quarta-feira (12), o Atlético Goianiense tem mais uma decisão pela frente. O Dragão encara o Cuiabá, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. Após empatar por 1 x 1, no Accioly, o Rubro-Negro vai até a Arena Pantanal em busca de mais uma importante etapa na construção de Umberto Louzer sob o comando da equipe.

Foto destacada: Divulgação / Atlético Goianiense

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.