Técnico do Vila Nova analisa jogo e elogia Alan Mineiro: “ele desequilibra”

No último domingo (18), o Vila Nova venceu a Aparecidense por 2 x 1, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, pelo Campeonato Goiano. A partir disso, Wagner Lopes, técnico colorado, analisou a partida e falou sobre o objetivo de suas substituições durante a ultima etapa.

“No 1º tempo, conseguimos marcar praticamente lá em cima e, por isso, eles criaram poucas oportunidades. Nos primeiros 10 minutos, o adversário chutou duas vezes, mas depois não conseguiram mais. No 2º tempo, nós baixamos demasiadamente a linha. Assim, em alguns momentos formamos uma linha de cinco, em outros, não. Além disso, a gente fez as mudanças para ter mais velocidade nos extremos”, garantiu o treinador.

Éder substitui bem Dudu

Em suma, no clássico com o Goiás, Dudu recebeu seu terceiro cartão amarelo. Logo, o volante cumpriu suspensão contra a Aparecidense. Dessa maneira, o técnico colocou Éder para cumprir a mesma função do camisa 8 do Vila Nova.

O Éder fez uma grande partida. Foi aguerrido, sem medo de jogar, marcou demais, correu demais. Isso me deixa muito feliz porque aumenta a nossa competição interna, e o Dudu vem fazendo um grande Goianão. É um cara que é indiscutível, não tem o que comparar, mas é incentivar esses caras que estão entrando e estão dando conta”, declarou Wagner Lopes.

Alan Mineiro completa 150 jogos com a camisa do Vila Nova 

No duelo do último domingo (18), Alan Mineiro chegou à marca de 150 jogos pelo Tigre. Além disso, marcou o primeiro tento da partida e, assim, fez seu 45º gol com a camisa colorada. Por fim, o treinador Wagner Lopes exaltou o camisa 10.

O Alan é o cara que pode desequilibrar o jogo a qualquer momento, achando um passe, batendo para o gol, já que tem uma finalização boa. Na bola parada, ele desequilibra, tem uma batida muito boa também”, disse o técnico.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).