Alecsandro

O atacante Alecsandro irá renovar seu contrato com o CSA. No entanto, devido a pendemia do Coronavírus, as negociações acabaram travando. Então o clube extendeu seu contrato até o fim do ano, e assim que o futebol voltar ele assina o contrato. O grande detalhe dessa negociação foi a empatia que o jogador teve com o clube em lançar a proposta de não receber enquanto o futebol estiver parado. 

ENTENDA A NEGOCIÇÃO ENTRE ALECSANDRO E CSA

O executivo de futebol do CSA, Marcelo Barbarotti, explicou como foi feita a negociação com Alecandro. A princípio, a renovação do contrato já interessava ambas as partes, ou seja, foi só acordo de números.

“Conversamos com o Alecsandro, mostramos a ele o interesse em renovar o contrato, discutimos questões financeiras e chegamos a um acordo. O CSA assumiu um compromisso com o jogador de assinar contrato com ele assim que as atividades voltarem ao normal. Não sabemos se a paralisação vai durar dias, semanas ou até mesmo meses. Mas o Alecsandro comprovou o caráter que tem e aceitou essa condição. Ficamos acertados dessa forma”. Explicou o executivo

O atacante disse que também entendeu o lado da diretoria, e as dificuldades financeiras do clube. E por isso ele tomou a decisão de abrir mão do salário até que, pelo menos, os treinos voltem ao normal, para ele assinar o contrato definitivo. Alecssandro ainda justificou o porquê tomou essa decisão.

“Em tempos de dificuldade com essa pandemia, eu posso dizer que esse acerto é um momento único de alegria”, conta o atacante

https://www.instagram.com/p/B-H2-5rFVsn/

SOBRE A VOLTA DO FUTEBOL

Alecssandro participou do programa “Bom dia Fox” dessa quarta-feira, e falou um pouco sobre a possível volta do futebol, nos dias atuais. O atacante cresceu no futebol, e diz que queria que o futebol voltasse ontem, mas o momento não é o mais ideal.

 “Para mim, é uma baita de uma irresponsabilidade pensar numa volta do futebol agora no Brasil. Acho isso inviável, os números estão subindo cada vez mais”, comenta o jogador

O atleta ainda finaliza falando que como ele não está recebendo salário, ele deveria ser o principal em voltar com o futebol, mas ele conta que é uma doença silenciosa e que parou o mundo, além de ser desumano apoiar a volta neste momento. “O futebol pode esperar”.

Foto destaque: reprodução/ Globoesporte

Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 20 anos, sou estudante do 6º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados