São Caetano

Ainda com suas atividades paralisadas por tempo indeterminado por conta da pandemia do coronavírus, os clubes de futebol seguem em um clima cheio de incertezas e dúvidas. Assim, devido ao Covid-19, o São Caetano anunciou que desistiu de disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. O pedido já foi enviado à Federação Paulista de Futebol (FPF).

VEJA MAIS:

Torcida do Palmeiras “quebra” a internet com possibilidade de contratar Ibrahimovic

Série D: em um mundo “normal”, quem subiria?

O clube anunciou a sua desistência na última quarta-feira (22). Por nota, o clube do ABC afirmou que a medida, que foi extramente “bem pensada”, é em decorrência às dúvidas acerca do momento vivido. Além disso, no ofício enviado à FPF, o Azulão justifica a sua decisão e informa que a mesma servirá para amenizar os prejuízos financeiro:

“Diante dessa indefinição para início do campeonato, precisaríamos tomar decisões em relação à manutenção de contratos de prestação de serviço, prorrogações de contratos de atletas e a manutenção de funcionários sem ter uma previsão orçamentária para isso, visto a dificuldade em novos parceiros e até mesmo a suspensão de verbas de patrocínio que o clube provisionou para o ano de 2020”, diz o São Caetano no documento.

View this post on Instagram

NOTA OFICIAL Em virtude da pandemia do Covid-19, o São Caetano Futebol Ltda encaminhou ofício nesta quarta-feira, junto à Federação Paulista de Futebol (FPF), solicitando a sua desistência da Série D do Campeonato Brasileiro. Competição que estava programada para iniciar em maio. Esta foi uma medida bastante pensada e extrema, que infelizmente precisou ser tomada, em decorrência dos problemas e todas as incertezas que envolvem o futebol brasileiro e o seu calendário de competições. Queremos desta forma preservar a saúde financeira do clube em um momento de grande dificuldade para honrar compromissos já estabelecidos com jogadores, comissão técnica e todo o quadro de funcionários.

A post shared by A.D. São Caetano (@adscoficial) on

O regulamento da Série D estabelece que os times participantes podem desistir do torneio até 50 dias antes do início da disputa (13 de março). Dessa forma, depois dessa data, a desistência pode ser considerada como abandono. Ainda, sobre o substituto, afirma que será o melhor classificado na competição de origem do clube desistente. O São Caetano se classificou pela Copa Paulista, campeonato que reúne equipes do interior de São Paulo.

VAGA FICA PARA O RIVAL

Ao GloboEsporte.com, a Federação Paulista de Futebol afirmou que apenas nesta quarta-feira (23), o substituto será consultado sobre o interesse. Contudo, a vaga deve ir para o rival do São Caetano: o São Bernardo. Como venceu na Copa Paulista, o Azulão pôde escolher entre a Série D ou a Copa do Brasil, ficando com a primeira opção. O XV de Piracicaba ficou com o outro torneio. O Mirassol, 3º colocado, já está na Série D. Dessa maneira, o São Bernardo, que joga a Série A3, deve herdar a vaga.

Foto destaque: Reprodução/Fabrício Cortinove

Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados