River Plate abre vantagem na Libertadores 2020

Nesta quinta-feira (10), River Plate ganhou de 2 x 0 do Nacional-URU. Assim, o jogo de ida das quartas de final da Libertadores 2020. Desse modo, o duelo teve pênalti perdido, gol anulado, muitas entradas perigosas, a presença do VAR e os tentos do Millonarios saíram no segundo tempo. Com isso, mesmo não jogando no Monumental, os mandantes dominaram e levam vantagem para o confronto contra os Decanos, fora de casa.

1º TEMPO

O jogo iniciou com o River Plate tomando a iniciativa e indo para cima. Assim, o clube não conseguiu completar alguns ataques. No entanto, aos 12′,  amarelou para Emiliano Martínez que fez falta dura no meio-campo em Nacho Fernández. Seguindo, o VAR entrou em ação após escanteio, Bergessio colocou a mão na bola, mas o juiz nada marcou e mandou seguir.

Neves cruzou da direita, Bergessio cabeceou no segundo pau para o meio da área, e Emiliano Martínez pegou a sobra, mas mandou por cima do gol. Logo após, aos 24′, De La Cruz recebeu na meia-lua, girou e chutou, Rochet encaixou a bola. Em seguida, Trezza arrancou pela direita e cruzou, Armani saiu mas ninguém do Nacional apareceu para marcar.

Posteriormente, no minuto 39′, Matías Suárez foi lançado dentro da área e derrubado por Oliveros. O árbitro marcou penalidade para o River Plate. Assim, Borré foi para a marca e finalizou no meio do gol e fraco, para a defesa do arqueiro. Seguindo, Angeleri levou amarelo por entrada perigosa. Por fim, aos 47′,o camisa 7 recebeu lançamento da esquerda, dominou na direita, chamou Oliveros para dançar, puxou para a canhota e chutou rasteiro, no canto de Rochet. O VAR anulou.

2º TEMPO

A segunda etapa começou com os mandantes no ataque. Assim, aos 2′, na linha de passe pela direita, De La Cruz cruzou rasteiro, Borré finalizou na pequena área, mas Rochet defende com os pés. Seguindo, Carrascal roubou a bola na direita, acionou Matías Suárez no meio, o camisa 7 dominou, girou e chutou de bico, mas a saiu à direita do gol do goleiro. Logo após, no minuto 19′,  a pelota bateu no braço de Laborda em lance com De La Cruz e o juiz apontou pênalti. Montiel finalizou rasteiro no canto esquerdo e o arqueiro caiu para o lado posto.

Seguindo, depois de cruzamento de Montiel da direita, a defesa do Nacional não conseguiu afastar, Matías Suárez dividiu na sobra, a bola bateu em Zuculini e saiu. Por fim, aos 50, jogada do River começou com Álvarez pelo meio. Ele acionou Matías Suárez na direita, que ajeitou e cruzou na cabeça de Zuculini, e ele testou para as redes.

https://twitter.com/RiverPlate/status/1337224138428125185?s=20

RIVER PLATE X NACIONAL-URU – E AGORA?

Com o resultado o River Plate abre vantagem para o jogo no Uruguai. No entanto, a equipe enfrenta o Argentino Jrs pelo Campeonato Argentino. Enquanto isso, o Nacional-URU tem que reverter o revés, em casa. Desse modo, duela contra o Peñarol, na Liga Uruguaia.

MELHORES MOMENTOS – RIVER PLATE X NACIONAL-URU

Foto Destaque: Reprodução/ Marcelo Endelli/Reuters

Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.

Artigos Relacionados