Você está aqui
Futebol Na Veia > Destaques > Revelado pelo Náutico, atacante acerta seu retorno para a equipe alvirrubra

Revelado pelo Náutico, atacante acerta seu retorno para a equipe alvirrubra

O Náutico, nesta segunda-feira (17), acertou a contratação do atacante Robinho (23), por empréstimo. O avançado pertence ao RB Bragantino e se juntará à equipe alvirrubra por um ano. No ano passado, o jogador revelado pelo Timbu, em 2018, defendeu a equipe do Paysandu, onde disputou 24 partidas, sendo titular em apenas 13, com um gol marcado.

Em primeiro plano, a informação sobre o acerto foi dada por Hathos Rildo, do Timbucast, e confirmada, depois, por Carlito Monteiro, empresário do atleta. Nessa perspectiva, a diretoria alvirrubra espera, ainda hoje, anunciar Robinho oficialmente.

Também, segundo o vice de futebol do Timbu, outro que confirmou o acerto da negociação, foi afirmado que ele não chegará para substituir o atacante paraguaio Jorge Ortega, reprovado nos exames médicos.  Ademais, há questões características envolvidas, uma vez que Robinho atua pelos lados do campo, enquanto Ortega faz mais o papel de um Camisa 9. Contudo, o staff segue no mercado atrás de um jogador para essa função.

Logo, após sua saída da equipe alvirrubra, Robinho, em 55 partidas, marcou apenas dois gols. O atleta deu três assistências.

Confira alguns lances de Robinho:

Seis dias para a estreia

Atual campeão pernambucano, o Timbu vai estrear na temporada contra o Íbis. Em síntese, o jogo está marcado para o dia 22 de janeiro, neste sábado, nos Aflitos, às 16h30.

O técnico Hélio dos Anjos terá três desfalques por conta da COVID-19. O único jogador confirmado foi Júnior Tavares. Por isso, o comandante alvirrubro passou a ter uma dúvida na lateral-esquerda. Pedro Vitor e Luan disputam a vaga no setor.

https://twitter.com/nauticope/status/1482417045333594113?t=Zb0kOmF6CJsvLEdEeHZ7fQ&s=19

Histórico de confrontos entre Náutico e Íbis

Foram realizados 106 confrontos. Em primeiro plano, o Timbu conquistou 93 vitórias, e outras nove partidas acabaram empatadas. Posteriormente, com um pouco mais de sucesso nos jogos nas décadas anteriores a 2000, o Íbis conseguiu vencer o adversário quatro vezes. Foram três vezes por 1 a 0, em 1948, 1961 e 2000.
Em 1948, o Pássaro Preto venceu por 5 a 3.
Portanto, tiveram diversas goleadas na história. A equipe alvirrubra, por exemplo, conseguiu aplicar alguns placares largos contra o Íbis. Em 1978 e 1983, nos Aflitos, o Náutico aplicou 10 a 0. Já em 1958, o Pássaro Preto sofreu uma goleada de 11 a 0.

Divulgação / Aldo Carneiro / Pernambuco Press

 

Rivaldo Júnior
Estudante de Comunicação Social - RTVI, na Universidade Federal de Pernambuco e apaixonado por levar informações esportivas com bastante credibilidade ao público. Futebol e jornalismo são as minhas paixões.
Topo