Retrospecto Ponte Preta x Vila Nova. (Foto estaque: Douglas Monteiro/Vila Nova)

Antecipadamente no sábado (2) no Moisés Lucarelli acontece a partida entre Ponte Preta x Vila Nova. Assim como você pontepretano já foi conferir o retrospecto entre as equipes? Fique aqui e confira!!!

De maneira que o histórico entre as duas equipes evidencia uma superioridade da Macaca. Assim como nos 21 duelos já registrados. De maneira que o time campineiro venceu 10 vezes, enquanto viu o placar ficar empatado em outras sete vezes. Bem como foi superada pelo Tigre somente em quatro partidas.

Juntamente com isso a vantagem é nítida também na questão de gols marcados, já que a Ponte Preta foi responsável por 32 tentos. Do mesmo modo contra 21 do Tigre. 

Da mesma forma quem vai somar os três pontos? Em suma uma inspiração pelo lado Alvinegro é resgatar o duelo válido pela Série B de 2014, em que conquistou os três pontos pelo placar de 1×0 (com gol de Juninho). Assim como a vitória marcou a última ocasião em que a Ponte venceu o adversário dentro do Majestoso.

Em contrapartida pelo lado do Tigre, o clube precisa lembrar da vitória pelo placar de 1×0, válido pela Série B de 2019. Ocasionalmente a única vez em que o Vila Nova venceu fora de casa.

Retrospecto

A saber o último duelo entre as equipes aconteceu na 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, jogo em que somente a vitória interessava aos dois times que se enfrentaram no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia. No entanto,  ambos os times acabaram não conseguindo movimentar o placar ficando no 0 x 0.

Eventualmente esperamos um jogo que dessa vez saia do 0x0. Assim também para isso mesmo com alguns desfalques como Ivan, Rodrigão, o próprio Gilson Kleina o time vai em busca da vitória já que em casa é avassalador.

 

(Foto estaque: Douglas Monteiro/Vila Nova)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs