Retrospecto Ponte Preta x CRB

À primeira vista, no próximo domingo (7) Ponte Preta x CRB se encontram no Estádio Moisés Lucarelli. De maneira que, sabe o retrospecto entre as equipes? Acompanhe aqui:

Juntamente com isso, os dois times se esbarram desde o dia 07/05/1978. Do mesmo modo, o jogo terminou empatado em 2×2 com gols e Dicá e Dadá Maravilha pelo lado Pontepretano além de Roberval e Silva pelo lado do CRB. 

Na sequência os times se encontram mais 13 vezes. Bem como, a Ponte tem 6 vitórias com 18 gols marcados. Por outro lado, o CRB tem 5 triunfos e 16 gols marcados nesses duelos. Por outro lado o placar terminou empatado três vezes.

Eventualmente, a maior goleada aconteceu no Moisés Lucarelli, no Brasileiro Série B de 1997 – 3ª Fase Grupo F. Ou seja, a Ponte aplicou a maior goleada dos duelos: 4×2.

Retrospecto – Ponte Preta x CRB

Assim também, entre as duas equipes traz 14 encontros em duelos espalhados pela série B e Brasileirão. De maneira que 6 vitórias pelo lado da Ponte donos da casa, 5 pelo lado dos visitantes e 3 empates. Assim como, o jogo válido pela 15ª rodada do Brasileirão, terminou empatado em 1×1. Na ocasião, o empate foi “bom” para o time que deixou a zona de rebaixamento na rodada.

Últimos 5 resultados das equipes:

CRB 1 x 1 Ponte Preta – 01/08/20121 Série B 2021
Ponte Preta 3 x 1 CRB– 24/01/2021 Série B 2020
CRB 1 x 0 Ponte Preta – 24/10/2020 Série B 2020
CRB 2 x 0 Ponte Preta– 16/01/2019 Brasileirão 2019
Ponte Preta 0 x 1 CRB – 21/08/2019 Brasileirão 2019

Nesse ínterim, aguardamos um grande duelo. Vale lembrar que a Ponte tem 39, atualmente na 15ª colocação. Assim, o time campineiro tem a chance de fazer uma gordura de quatro pontos para a zona de rebaixamento.

 

 

Foto destaque: Reprodução /FNV

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs