Jogos maravilhosos

“Jogos maravilhosos”, diz o técnico Catalá. Afinal, o Fantasma terminou a 32ª rodada do Brasileirão Série B com triunfo. Ou seja, vencendo o 3º colocado da classificação. O jogo foi em casa, acirrado e com virada, mas o clube conseguiu carimbar a segunda vitória após os 10 jogos de jejum. Contudo, não para por aí. Aliás, já na reta final da temporada, a equipe encontrará mais alguns elencos do grupo de acesso. A saber, a próxima partida será contra o líder do campeonato, o Coritiba, no dia 3 de novembro, no Couto Pereira.

“Conseguimos vencer as duas últimas partidas. O time vai se dedicar, ele vai ter a identidade que sempre teve e aliado a isso, vamos ter uma equipe que joga bola. Nós temos o desafio de cada partida ser a nossa melhor versão.”, completa o técnico Catalá.

Sequência de jogos maravilhosos

Com gols de Alanzinho e Paulo Sérgio, o Operário carimbou três pontos sobre o Avaí, no último duelo válido pela 32ª rodada do Brasileirão Série B. Em suma, o confronto foi acirrado e com virada. Aliás, o Fantasma alcançou a vitória e chegou no 12ª lugar na tabela com os seus 41 pontos conquistados. Ou seja, o elenco abriu seis pontos de distância da primeira equipe da zona de rebaixamento.

Em outras palavras, o momento se torna um alívio para o grupo que estava brigando para não descer. Afinal, eram 10 partidas sem vitórias. Ainda mais, o elenco enfrentava mudança de técnico, de comissão técnica e as contusões de sua equipe. Todavia, o clube conseguiu apontar uma recuperação. Ou seja, o Fantasma soma uma sequência de triunfos.

Dessa forma, como já apresentado, essa vitória deixa o Operário no meio da tabela. E a partir de agora, caminha para encontrar o líder da temporada, o Coritiba, no dia 3 de novembro, às 18h30 (horário de Brasília), no Couto Pereira.

Foto Destaque: Reprodução/André Jonsson/OFEC

 

 

 

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!