Rafael Santos pode ser dúvida na Ponte para duelo contra o Confiança. (Foto destaque: Álvaro Jr/ PontePress)

A princípio, a Ponte Preta tem um obstáculo na luta do time contra o rebaixamento. Analogamente, com um problema no músculo adutor da coxa direita, o lateral-esquerdo Rafael Santos deve desfalcar a Macaca no duelo direto com o Confiança. De maneira que, o duelo acontece neste sábado (20), no Batistão, às 16h30, em Aracaju.

Juntamente com isso, a tendência é que o jogador nem siga com a delegação para a capital sergipana. Assim também, outra possibilidade é que se o atleta realmente ficar fora, Marcelo Hermes é o substituto natural.

Por outro lado, Gilson Kleina já não pode contar com Fábio Sanches, suspenso por três cartões amarelos. Bem como, o jovem Thiago Lopes é o favorito a ficar com a vaga para atuar ao lado de Ednei. Ou seja, o atacante Rodrigão volta a ficar à disposição após cumprir suspensão na derrota para o Londrina de virada por 2 x 1.

Rafael Santos

Ainda mais que a expectativa é se Camilo volta para o banco ou continua no time mesmo com a presença de Rodrigão. Do mesmo tem grandes chances de reaparecer entre os titulares é Léo Naldi. Tal como, o futebolista chega disputando posição com Fessin e Marcos Júnior. Da mesma forma, até mesmo entrando no lugar de Niltinho, se Gilson Kleina optar por uma formação mais conservadora.

Nesse ínterim, no ataque, Iago seria uma opção com as mesmas características em relação a Niltinho.

Afinal, os dois times se enfrentaram em cinco jogos. Assim também, a Macaca venceu todos os duelos da história frente ao Confiança. Com 100% de aproveitamento da equipe paulista, o time precisa aumentar esses números e garantir a permanência na Série B.

Por fim, a vitória no primeiro turno foi de 4 x 2, em duelo realizado no Moisés Lucarelli.

Foto destaque: Álvaro Jr/ PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário