Depois da polêmica de que o Corinthians era a 4ª força de São Paulo – e foi campeão -, o Paulistão de 2018 começou com a pergunta: qual dos principais times do estado é a quarta força? Vamos analisar time a time e mostrar.

PALMEIRAS

Lucas Lima é uma das peças fundamentais para o Palestra em 2018 (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)

O 2018 do Palmeiras parece ser um ano promissor. Ótimo time titular, ótimo banco, ótimo técnico, muito dinheiro para investir, arena sempre lotada… São vários os fatores que nos levam a pensar que: se futebol fosse uma ciência exata o Palmeiras já poderia ser campeão de tudo. Invicto no Paulistão e jogando muito bem, o verdão tem como ponto forte o elenco, onde tem de 13 a 19 jogadores que seriam titulares em qualquer time do Brasil. O técnico é uma revelação que precisa mostrar trabalho, Roger Machado fez um ótimo trabalho no Grêmio, mas no Atlético/MG deixou muito a desejar, até o momento o técnico vem mostrando e fazendo um ótimo trabalho. Em campo o Palmeiras é a 1ª força do estado com sobras.

CORINTHIANS

Jadson é o grande armador do Corinthians para 2018 (Foto: Marcos Ribolli)

O campeão brasileiro do ano passado vem com a base mantida do ano anterior e com o técnico revelação Fábio Carille no comandando o time. Mas, nem tudo são flores. O Corinthians nesse começo de ano sente muito a falta de um camisa 9 de origem, Kazim não corresponde em campo e Júnior Dutra não é um 9 ao estilo Jô. Se o ataque sofre para marcar gols, o destaque nesse início é o meio de campo, Jadson que parece ter voltado a forma que o consagrou no timão e vem jogando o fino da bola. O elenco não é tão grande em qualidade, mas o trunfo é que os jogadores assimilam bem o jogo proposto pelo técnico. Pela falta do camisa 9 mas pela manutenção do elenco o Corinthians é a 2ª força do estado.

SÃO PAULO

Tréllez e Nenê chegaram ao São Paulo para reforçar o elenco (Foto: globoesporte.com)

O tricolor paulista vem tendo um 2018 morno ainda. O clube passou por um 2017 conturbado, sem grandes conquistas e começou o ano contratando Diego Souza, Nenê, Tréllez, Anderson Martins. Subiu bons jovens como Brenner. O São Paulo não tem lá um grande time atualmente, ainda não embalou no estadual, mas, com entrosamento e Dorival sempre armando um time para frente, o São Paulo tem tudo para buscar uma boa campanha em 2018. Não seria surpresa um título pelo bom elenco, mas a caminhada até lá é muito longa. Fecha como 3ª força do estado.

SANTOS

Jair Ventura é o grande trunfo santista (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O time da Vila Belmiro está sendo reconstruído, após perder Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Zeca o time ainda está tentando um novo jeito de jogo com o novo técnico Jair Ventura. O time tem o melhor goleiro do Brasil, uma boa zaga, mas peca ainda pelo meio de campo que está inconstante com Vecchio, Alisson e Renato. O ataque do Santos no mínimo é promissor, com Bruno Henrique, Gabriel e Sasha. Ainda tem o novo raio da vila Rodrygo estourando e mostrando que realmente pode ser um raio e não um relâmpago. De todos os times, o Santos é o que tem maior poder de crescimento ao longo do ano. Mas, isso terá que ser mesclado com uma consistência que no campeonato estadual não vem acontecendo. O Santos atualmente é a 4ª força do estado.

É claro e evidente que ser a 4ª força ou a 1ª não quer dizer nada. Fica nítido que com o poder financeiro o Palmeiras surge como favorito, mas futebol não é exato, pelo momento o Santos é a 4ª força do estado, mas em contrapartida é o que mais pode crescer pelo elenco e pelo técnico que é bom. O Corinthians é o atual campeão brasileiro, não se pode falar que é um time fraco, organização e tática são boas virtudes que o time de Itaquera possui. O São Paulo tem um técnico ofensivo e com as boas peças que foram contratadas tem tudo para fazer um ano melhor. Ou seja, com relação ao ano passado o estado de SP está muito mais forte.

Felipe Fernandes
Escolhi o jornalismo por entender que grande parte dos problemas do mundo podem se resolver com comunicação. Ser jornalista é ser meio fofoqueiro mas com embasamento e responsabilidade. Já trabalhei no SBT RP, Tv Unaerp, Rádio Unaerp. Sou uma pessoa muito tranquilo, torço para o time do Jornalismo FC.

Artigos Relacionados

Comments are closed.