Borré no River, interessa ao Atlético de Madrid e São Paulo (Foto: Getty Images)

De acordo com o jornal português A Bola, o Porto está em busca de um atacante e tem como objetivo contratar Borré, do River Plate. Outro alvo seria Brian Lozano. Mas para manter o jogador, o clube da argentina tem uma missão difícil pela frente. Seu contrato com Los Millonarios vai até junho de 2021 e com isso tem 50% do passe do atacante. Mas para renovar, o River precisa pagar os outros 25% ao Atlético de Madrid (cerca de 25 milhões de euros). Caso isso não aconteça, o jogador não poderá disputar o Campeonato Argentino.

Com isso, nesse contexto o alerta foi ligado no clube, pois, por conta da pandemia do COVID-19, os cofres da instituição estão vazios. E, consequentemente, o River está em uma situação difícil para desembolsar essa quantia que falta para ter o jogador. Ao que tudo indica, é melhor vender o atacante para ao menos tentar ter dinheiro no caixa. Com essa situação financeira ruim do time argentino, o Porto pode negociar diretamente com Atlético de Madrid.

Também já se falam de uma possível recompra do time da Espanha. De acordo com os noticiários espanhóis, o clube pode colocar 7 milhões de euros para manter os 100% de Borré. Mas, por outro lado, o Porto não está para brincadeira. Os Dragões analisaram e viram que podem brigar financeiramente pelo jovem de 24 anos. Além do colombiano, o time de Portugal planeja abrir os cofres na próxima janela de transferência para ter o mexicano Brian Lozano, que hoje no Santos Laguna, do México.

POSSIBILIDADES

Caso essas transferências sejam concluídas com sucesso, o Porto tem a possibilidade de vender Aboubakar, Marega, Soares e Zé Luís, para recompensar os gastos nas negociações. Vale lembrar que as duas opções de compras do time de Portugal foram analisadas com muito desempenho pelos dirigentes.

Rafael Santos Borré

O colombiano nesta temporada tem 24 jogos e 15 gols pela camisa do River Plate. Revelado em 2013 pelo Deportivo Cali, da Colômbia, foi transferido direto para Europa na temporada 2015/2016. O Atlético de Madrid conseguiu o contrato de empréstimo e ao final desembolsou cerca de 2,75 milhões de euros pelo jovem. Assim, ao chegar na Espanha, foi emprestado novamente. Desta vez foi parar no Villarreal. Por fim, o acordo acabou e voltou defender a camisa do time de Madri. Na temporada 2017/2018, o River Plate conseguiu um acordo com o jogador e com seu clube na época, e pagou cerca de 3 milhões de euros por 50% do passe do atacante.

Foto destaque: Getty Images

Gabriel Gonçalves
Formado em jornalismo, escolhi esse caminho pois gosto de contar histórias para as pessoas. Apaixonado por esportes, agradeço ao meu avô por ter colocado o futebol na minha vida.

Artigos Relacionados