Às 17h15 de ontem (2), a Copa SP de Futebol Júnior teve seu início com o jogo entre Paulista x Red Bull Brasil, que foi bem disputado, mas sem gols, diferente da partida seguinte, entre Vila Nova-GO x Porto-PE, com a vitória do Gavião do Agreste.

Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019 – Grupo 18 – 1ª Rodada

Paulista 0 x 0 Red Bull Brasil

O duelo que abriu a Copinha contou com um bom público no Jayme Cintra. As equipes mantiveram equilíbrio durante a partida. O Paulista usou os contra-ataques, mas o Red Bull Brasil chegou com mais perigo, se aproveitando do erro adversário.

O primeiro tempo teve boas chances para ambos os times: aos 14 minutos, Vitinho poderia ter aberto o placar para o Galo com um chute de fora da área, mas o lance foi invalidado porque dominou a bola com o braço. Aos 19′, ataque do Toro Loko: após vacilo da zaga tricolor, Amarildo ficou cara a cara com o goleiro Diogo, mas ele conseguiu defender. Chance para o Paulista com 42 minutos de jogo, quando Caio cruzou da direita, Gustavo espalmou e Felipe isolou.

Na segunda etapa, dois lances que poderiam ter sido decisivos, um pra cada lado: aos 15′, lançamento preciso de Diogo para Júlio, o deixando de frente para o gol, mas ele errou o alvo. No fim, aos 41 minutos, Vitor Carvalho deu assistência para Tito, que mandou por cima. Mesmo sem gritar gol, a torcida jundiaiense aplaudiu o time, reconhecendo o esforço.

Vila Nova-GO 2 x 3 Porto-PE

Se no outro jogo não teve rede balançando, na partida seguinte cinco bolas foram pro fundo do gol. As duas equipes mostraram bastante ofensividade durante todo o jogo. No primeiro minuto de jogo, saiu o primeiro gol da Copinha de 2019: Caio, do Porto, abriu o placar com uma assistência de cabeça do Everton. Não satisfeito, Caio fez mais um aos seis minutos, após tentar duas vezes e sair um belo chute no ângulo do goleiro Léo. 2 x 0 pro Gavião do Agreste.

Mas o Vila Nova não jogou a toalha e foi para o ataque. Erick diminuiu para o Tigre aos 38 minutos de jogo com um belo chute na gaveta do goleiro Felipe. Fim do primeiro tempo: 2 x 1 para o Porto. Na segunda etapa o jogo continuava bem disputado. Aos 15′, Everton cobrou falta e fez outro belo gol na partida, ampliando a vantagem do time pernambucano.

O Vila sentiu o golpe e correu atrás do resultado. Várias finalizações, mas sem tanto perigo, umas foram fracas e outras saíram por cima da trave. A mais perigosa foi aos 31 minutos, quando saiu um chute no meio da bagunça na pequena área e o zagueiro Pedrão tirou em cima da linha. No minuto seguinte, o Tigre consegue diminuir a vantagem. Após cobrança de escanteio, Sávio cabeceou e mandou para as redes. Resultado final: 3 x 2 para o Porto-PE, que se torna líder do grupo 18. Com os dois gols, Caio é o artilheiro do torneio junto de Fabricio Oya, do Corinthians, que também fez dois dos três sobre o Capital-TO.

André Borges
Me chamo André Borges, sou Paulista (tanto de naturalidade como torcedor do time de Jundiaí), tenho 20 anos e sou estudante de Jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi. Antes, eu estudava no Centro Universitário Campo Limpo Paulista (UNIFACCAMP) e lá participei do jornal laboratório "O Jornaleiro" por dois anos. Comecei a gostar de futebol com 12 anos, na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Prefiro Libertadores do que Champions League.

Artigos Relacionados