Ponte Preta se reapresenta. (Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Antes de tudo neste domingo (3) a Ponte Preta se reapresentou após a polêmica partida contra o Vila Nova no último sábado (2). Assim como com dois retornos e uma baixa confirmada para o jogo contra o Avaí. De maneira que o jogo acontece na próxima terca-feira (5), às 19h, na Ressacada, em Florianópolis.

Juntamente com isso o time chega para a partida contando  com o retorno do técnico Gilson Kleina, que cumpriu suspensão por ter sido expulso no duelo com o CSA na rodada anterior. Além disso outra volta é o goleiro Ivan. Do mesmo modo o capitão da equipe alvinegra retorna de suspensão após ter acumulado três amarelos. Por outro lado retoma a posição de Ygor Vinhas, apesar da boa atuação do suplente diante da equipe goiana.

Tal como Kleina ,já sabe que não vai poder contar pelo menos com um de seus titulares. Bem como Rayan está suspenso por ter recebido três amarelos e desfalca a equipe. Da mesma forma a zaga tem ainda outros problemas, já que Cleylton deixou o gramado com dores aos 15 minutos do primeiro tempo. Ainda mais que deve ser reavaliado pelo departamento médico, mas a tendência é que seja poupado do duelo.

Ponte Preta

Simultaneamente com isso, o sistema defensivo deve ter a entrada de Fábio Sanches, substituído de Cleylton no sábado (2). Imediatamente Gustavo Cipriano, Douglas e Ednei disputam a segunda vaga na zaga.

Do mesmo modo  lateral-direito Felipe Albuquerque, deixou o gramado com dores no intervalo, e o atacante Rodrigão, que vem desfalcando a equipe por conta de um quadro de amigdalit devem ser reavaliados neste início de semana.

Afinal a Ponte realiza uma atividade com o grupo completo, na manhã desta segunda (4), antes de viajar para Florianópolis para enfrentar o Avaí.

 

(Foto destaque: Diego Almeida/ PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs