Ponte Preta protocola em lance de Moisés com Ramon. (Foto destaque: Reprodução PFC)

Primeiramente a Ponte Preta espera a resposta da CBF sobre o pedido protocolado para ter acesso ao áudio do VAR. Do mesmo modo no lance em que o clube reclama de pênalti em Moisés, aos quatro minutos do segundo tempo da derrota por 1 x 0 para o Cruzeiro.

Eventualmente quando o placar ainda estava zerado. Juntamente com isso vale lembrar que o atacante dominou na ponta esquerda. Assim também passou por Cáceres e Giovanni e caiu na área após cortar também o zagueiro Ramon.

A saber o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) conversou com Adriano Milczvski (PR). Bem como depois que a bola saiu pela linha lateral, mas não foi à cabine do VAR revisar o lance.

Da mesma forma a diretoria alvinegra considera que o time foi prejudicado. Ou seja, vocês concordam? Ocasionalmente pretende ouvir o conteúdo para analisar possíveis medidas no campo da justiça desportiva.

Ponte Preta para o dérbi

Enquanto isso com 25 pontos, a Macaca segue se preparando para a partida na próxima sexta-feira (17) diante do Guarani, no Moisés Lucarelli.

Simultaneamente titular absoluto, Moisés é o maior protagonista do elenco. Ainda mais que na derrota contra o Cruzeiro sentiu o joelho e virou dúvida para o jogo. Juntamente com isso marcou 11 gols e deu quatro assistências nesta temporada.

Por outro lado, os atacantes Rodrigão e Niltinho, desfalques na última rodada na derrota contra o Cruzeiro por problemas físicos. Ainda mais que Rodrigão estava com uma virose e Niltinho transição após desconforto. A saber os dois jogadores treinam normalmente com o elenco desde a reapresentação, na segunda-feira (13). Ainda que Felipe Albuquerque, lateral-direito também saiu após acusar desgaste, mas, a princípio, não preocupa para o dérbi.

Nesse ínterim a Ponte também tem o retorno do lateral-esquerdo Rafael Santos, que não atuou contra o Cruzeiro por pertencer ao clube mineiro. Ocasionalmente além de Gilson Kleina, livre de suspensão.

Em suma nos últimos anos, a Macaca conseguiu se reaproximar e chegou na marca de 66 vitórias. Por outro lado o Guarani, com a vitória no primeiro turno, tem 68 triunfos em dérbis. Nesse ínterim dos 200 jogos disputados foram também 65 empates.

 

(Foto destaque: Reprodução PFC)

 

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário