Ponte pode ter até cinco novidades para duelo contra o Confiança. (Foto destaque: Divulgação/ PontePress)

Primeiramente, a Ponte Preta encerrou preparação nesta sexta-feira (19), no Petroclube para o duelo contra o Confiança. Analogamente, Kleina prepara o time com mudanças.

Vale lembrar, o time titular pode ter até cinco mudanças em relação a partida que aconteceu na última segunda-feira (15). Ocasionalmente, a Macaca foi derrotada de virada por 2 x 1 no jogo contra o Londrina, no Estádio do Café.

Logo, as prováveis novidades na escalação inicial deve ser a entrada de Kevin, Thiago Lopes, Marcelo Hermes, Léo Naldi e Rodrigão.
Do mesmo modo, Felipe Albuquerque viajou, mas ainda não está totalmente recuperado do incômodo muscular que sentiu na última partida, em Londrina. Em suma, Kevin deve assumir a lateral direita.

Da mesma forma, Thiago Lopes é o principal candidato para ficar com a vaga de Fábio Sanches, atleta que está suspenso suspenso por três cartões amarelos. Por outro lado, Marcelo Hermes substitui Rafael Santos, vetado devido a um problema no músculo adutor da coxa direita.

Tal como, seriam três trocas de uma vez na linha defensiva, o que mudaria o sistema do jogo. De maneira que, mais a frente Léo Naldi, por sua vez, tem chance de voltar ao meio de campo, possivelmente no lugar de Niltinho. Ou seja, Rodrigão está de volta de suspensão e a tendência é que apareça na vaga de Camilo.

Nesse ínterim, se isso de fato acontecer, a tendência é que a Ponte comece no esquema 4-4-2. Simultaneamente, com três volantes no meio de campo e Fessin como único articulador.

Ponte pode ter até cinco novidades

Imediatamente, uma provável Ponte tem Ivan, Kevin, Ednei, Thiago Lopes e Marcelo Hermes; Yago Henrique, Marcos Júnior, Léo Naldi e Fessin; Moisés e Rodrigão.

Em conclusão, com 43 pontos, a Macaca aguarda os resultados da noite desta sexta-feira (19), envolvendo Remo e Londrina. A saber, os dois times tem 41 pontos, para saber o cenário na luta contra o rebaixamento.

 

Foto destaque: Divulgação /PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs