Nenê sai em defesa de Zé Ricardo: “Não é tudo culpa dele”

Em suma, em entrevista coletiva na tarde desta quarta (4), o meia Nenê falou sobre o momento do Vasco e o trabalho do treinador Zé Ricardo. O camisa 10 foi surpresa na entrevista, pois originalmente, Quintero era quem seria sabatinado.

Decerto, Nenê saiu em defesa do treinador, apontando alguns erros dos próprios jogadores na última partida, contra a Tombense, que terminou em empate (1-1). Portanto, para Nenê, a desorganização do time no primeiro tempo foi por vontade de marcar o gol rápido:

“Precisamos do torcedor. Todos temos que estar na mesma direção. Entendo a torcida, a frustração. Nossa torcida está em todos os lugares. No jogo contra o Tombense, por exemplo, acabamos nos empolgando e nos desorganizando. Não é culpa do treinador, que montou uma estratégia. É culpa nossa. 

Nós não podemos deixar de nos organizarmos. Tomamos um gol no início do jogo. Até eu que sou experiente acabou indo nessa empolgação de querer fazer o gol. Isso aconteceu no primeiro tempo com o Tombense. O Zé conversou conosco no intervalo, entendemos, melhoramos e quase viramos o jogo. Acho que é um peso e uma impaciência que acabam afetando o grupo, e nós acabamos querendo vencer de qualquer maneira, e as coisas não são assim. Não é só culpa do Zé. É claro que ele é o nosso treinador, mas eu falo no meu ponto de vista. No primeiro tempo fomos nós jogadores que erramos e nos desorganizamos. A torcida também tem que entender um pouco isso em relação a comissão técnica. Não é tudo culpa dele”.

Foto destaque: Reprodução/Vasco

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!