Náutico x Retrô como aconteceu – Resultado, Destaque e Reação

Nesta quarta-feira (9), o Náutico recebeu o Retrô nos Aflitos, pela 3ª rodada do Campeonato Pernambucano. Assim, o Timbu foi derrotado com um gol no último lance da partida, e agora, ocupa a 5ª posição no estadual. Por outro lado, a Fenix, que conseguiu uma importante vitória fora de casa por 1 x 2, ocupa a segunda colocação da competição. A saber, marcado pela confusão entre a torcida e os jogadores, o pós-jogo também foi tenso.

ASSISTA AOS LANCES DE NÁUTICO X RETRÔ 

1º TEMPO: INÍCIO PEGADO; CONFUSÕES E PERIGO DO NÁUTICO; RETRÔ NÃO CRIA MUITO 

À princípio, o início do jogo foi marcado por  muita discussão, bate bocas e pouca bola rolando. Depois, três cartões amarelos foram aplicados por causa de faltas duras, em meados dos 10 minutos.

A saber, com um jogo truncado e parado, as melhores chances aconteceram nos 20 minutos iniciais a partir de faltas cobradas pelo lado do Náutico. Jean Carlos arriscou e mandou para fora. Posteriormente, Leandro Carvalho cobrou outra com perigo e Jean fez ótima defesa.

Também, apesar do início travado, o duelo passou a fluir depois dos primeiros 30 minutos. Por sua vez, o Náutico conseguiu criar mais algumas oportunidades de gol, com Kieza que parou em Jean, e Richard Franco, de cabeça, parou na trave.

Por outro lado, o Retrô teve poucas chances, mas dessas apostou nos lances em velocidade para tentar abrir o placar. Apesar disso, a única chance do time no primeiro tempo aconteceu em um cabeceio de Gustavo Ermel, que foi defendido por Lucas Perri, levando o jogo em 0 x 0 para o intervalo.

2º TEMPO: GOLS; PECADO DO NÁUTICO; DERROTA NO ÚLTIMO LANCE 

Em primeiro plano, o começo do segundo tempo foi bem dividido na posse de bola. O Timbu chegou primeiro em cobrança de falta de Júnior Tavares, que desviou na barreira e levou perigo ao gol defendido por Jean.

A saber, quando finalmente conseguiu chegar pela troca passes, o Retrô foi conciso. Pedro Costa recebeu pela direita e achou Giva que entrou sozinho pelo meio e só precisou tirar de Lucas Perri para abrir o placar para a Fenix.

Posteriormente, o Náutico pressionou o Retrô a todo instante depois do gol sofrido, chegando até a empatar com Ewandro, de cabeça. A saber, Pedro Vitor entrou em campo e deu trabalho para o goleiro Jean, que teve que trabalhar por diversas vezes. Do outro lado, Rodrigo Fumaça teve a chance de puxar três contra-ataques para matar o jogo, mas errou no último passe. Contudo, Renato Henrique fecha o jogo aos 50 minutos com um gol de pênalti e decreta a vitória da Fenix nos Aflitos.

NÁUTICO X RETRÔ – E AGORA?

Com a vitória, o Retrô chega a segunda posição com nove pontos conquistados e um jogo a menos. Agora, a Fenix recebe o Sete de Setembro, no próximo sexta-feira (11), às 20h30, pelo Campeonato Pernambucano.

Por sua vez, o Náutico, derrotado em casa, acaba a rodada na 6ª colocação no estadual. Por sua vez, recebe o Fortaleza nos Aflitos, no próximo sábado (12), às 17h45, pelo Copa do Nordeste.

 

Foto Destaque: Reprodução/Tiago Caldas

Rivaldo Júnior
Estudante de Comunicação Social - RTVI, na Universidade Federal de Pernambuco e apaixonado por levar informações esportivas com bastante credibilidade ao público. Futebol e jornalismo são as minhas paixões.