Morínigo diz que campo “ruim” atrapalhou o desempenho do Coritiba  

Em suma, após o empate em 0 x 0 entre Brusque x Coritiba na última terça-feira (3), o técnico do Coxa, Gustavo Morínigo, se mostrou insatisfeito com o resultado do jogo. Assim, com o placar, o Verdão perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro Série B. 

“Viemos para buscar a vitória. Não vencemos, no final do campeonato vamos se serviu ou não. Foi um resultado que não queríamos, mas, pelas circunstâncias, aceitamos.”, disse Morínigo na coletiva. 

Desse modo, a equipe paranaense não fez uma boa partida na casa do rival. Sendo assim, mesmo tendo mais posse de bola, o Coxa não conseguiu agredir o adversário e furar a forte defesa do Brusque. Para o treinador do Verdão, o gramado foi um dos empecilhos. 

“O jogo foi complicado, muito pelo gramado. É muito difícil jogar contra o Brusque aqui. Eles conhecem melhor o campo, isso nos custou bastante. Não tivemos fluidez”, explicou o paraguaio. 

De acordo com a plataforma de análise de scouts Sofascore, o Coritiba finalizou apenas uma vez ao gol do Brusque. Desse modo, a equipe mandante foi mais perigosa. Por isso, em duas oportunidades o Quadricolor obrigou o goleiro Wilson a fazer duas defesas. Vale ressaltar, que a equipe catarinense teve um gol anulado por impedimento na reta final da partida. 

Sendo assim, o resultado deixou o Coritiba estacionado na vice-liderança, com 29 pontos, um atrás do líder Náutico. Portanto, o Coxa recebe o Goiás, na próxima sexta-feira (6), às 19h30 (horário de Brasília), no Couto Pereira, pela 16ª rodada do Brasileirão Série B. 

Reforços para Morínigo 

De antemão, para o confronto contra os goianos, Morínigo vai poder contar com os retornos do lateral-direito Natanael, e do volante Val, que cumpriram suspensão no último jogo por acumulo de cartões amarelos. Por isso, é provável que ambos atletas reassumam a titularidade na equipe. Desse modo, Igor e Matheus Sales devem voltar para o banco de reservas 

Foto Destaque: Divulgação/Coritiba

Cristian Moraes
Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Turim ou Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte influencia às pessoas, e o mundo. Não me limito apenas a assistir, mas a consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!