Como anda a situação de Moisés? (Foto destaque: DiegoAlmeida/PontePress)

Antecipadamente Moisés o homem-gol, o craque da Ponte Preta está fazendo aniversário nesta quinta-feira (2). Tal como o jogador completa 25 anos. Da mesma forma agradece o carinho da torcida e seleciona os cinco gols mais bonitos dele.

Assim também quem vai ganhar presente é a torcida, como explica o próprio artilheiro pontepretano:

“Agradeço a Deus por mais um ano de vida e quem ganha presente é o torcedor. Escolhi os cinco gols mais bonitos que fiz e vamos sortear uma camisa minha autografada entre os que votarem naquele que acham o melhor. Também agradeço as felicitações e mensagens de carinho a todos os que me mandaram. Só tenho a agradecer e que Deus abençoe a todos: estamos juntos!”

Moisés

Simultaneamente para comemorar a data a Ponte listou os top 5 gols dele. Vale lembrar que o sexto gol da Macaca na vitória de 7 x 2 contra o Figueirense. Similarmente o do empate em 1 x 1 contra o Novorizontino, o gol da vitória por 2 x 1 contra o São Caetano, o terceiro da Ponte na vitória por 3 x 1 no dérbi 199. Tal como o da vitória por 2 x 1 contra o Londrina.

Em suma é a hora do torcedor (a) votar, qual acha o mais bonito? Ainda mais que assista esse vídeo e faça seu voto. Em conclusão para vote e concorra à camisa autografada pelo nosso goleador!

Decerto a votação termina às 23h59.

Vale lembrar que o jogador está em alta e persegue os artilheiros da Macaca nas últimas temporadas. Simultanemanete está prestes a igualar Bruno Rodrigues (2020-2021) e André Luis (2018), com 11 gols cada. Além disso também caiu na graça da torcida ao marcar duas vezes em um dérbi contra o Guarani.

Juntamente com isso mais à frente aparece Roger, que, em 2019, balançou as redes 14 vezes pela Ponte (todas pela Série B). Ainda mais que tem ainda praticamente o turno da Série B pela frente e o atleta tem condição de alcançar o ex-atacante.

 

 

(Foto destaque: DiegoAlmeida/PontePress)

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs