Marcelo

Na última segunda-feira (12), a Ponte Preta voltou a vencer no Brasileiro da Série B. Assim, a Macaca aplicou 2 x 0 sobre o Naútico no estádio dos Aflitos e encostou no líder Cuiabá. O treinador Marcelo Oliveira, revelou na coletiva de imprensa que precisou cobrar os jogadores no intervalo do jogo após 1º tempo apático. Ademais, falou sobre possíveis reforços e situação dos atletas que estão no departamento médico.

 

“Tivemos uma cobrança mais severa no intervalo. A marcação estava mole, perdemos passes que não se pode perder em um jogo como esse. Não podemos nos dar ao luxo de jogar futebol apenas um tempo. A Ponte, se quiser chegar lá, vai ter que ter mais equilíbrio entre as partes do jogo.”

 

https://twitter.com/aapp_oficial/status/1315821290578685953

 

No 1º tempo, os anfitriões tiveram boas chances e quase abriram o placar. Dessa forma, no intervalo Marcelo fez alguns ajustes técnicos para melhorar o time.

“Acabamos entendendo que conversando e ajustando poderia melhorar, mas foi necessário apertar um pouquinho os jogadores para que mudasse tudo”.

Assim, a Macaca se impôs na etapa final e marcou duas vezes de cabeça, com João Paulo e Dawhan.

MARCELO

Aos 65 anos, o treinador fechou com o time há exatos 11 dias após a demissão do técnico João Brigatti. Seu último clube foi o Fluminense, onde acabou demitido em novembro de 2018. Após o jogo no sábado, revelou que o time carece de reforços especialmente na lateral-direita e no ataque. A saber, Apodi e Matheus Peixoto são os titulares do setor.

Com relação aos atletas machucados, disse que vai esperar o relatório médico sair para suas condições de jogo. Com a vitória, a Ponte chegou aos 27 pontos e agora terá uma semana de preparação e descanso. A saber, só volta a campo na terça-feira (19), quando recebe a Chapecoense às 21h30 (horário de Brasília), no Moisés Lucarelli, pela 17ª rodada do torneio.

Foto destaque: Reprodução/Marlon Costa/Pernambuco Press

Shelton
Shelton Machado, 22 anos, alagoano e acadêmico de Jornalismo na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Torcedor do Palmeiras e apreciador da língua Inglesa.

Artigos Relacionados