No início da tarde desta segunda-feira (19), Marcelo Cabo foi comunicado de seu desligamento do comando do Vasco da Gama. O ocorrido não foi novidade, contudo porque uma parcela da torcida já mostrava um descontentamento com o trabalho do treinador.

Marcelo Cabo como não poderia ser diferente, agradeceu a toda diretoria vascaína, funcionários e aos jogadores. Além disso, estendeu o agradecimento aos torcedores, o qual lamentou não ter tido muito contato, por conta da Covid-19. Para finalizar, desejou sorte ao clube carioca.

“Agradeço muito ao presidente Jorge Salgado, ao diretor executivo Alexandre Pássaro, a diretoria, comissão técnica, jogadores, funcionários e a toda torcida. Lamento por não ter tido um contato mais próximo dos torcedores que, por conta da pandemia, não puderam estar nos jogos. Desejo a melhor sorte ao clube na busca pelos objetivos”, explica o treinador.

A demissão aconteceu justamente após o empate de 1 x 1 diante do Náutico, no último domingo. Mesmo com uma atuação ruim, o Cruz-Maltino está com 18 pontos e ocupa a oitava posição na tabela de classificação. No entanto, são dois pontos que separam o time do G4.

Entretanto, Marcelo Cabo chegou ao Vasco da Gama no fim de fevereiro de 2021, afim de substituir Vanderlei Luxemburgo após o quarto rebaixamento do clube à série B. Ao passo que sob o comando do treinador, ele registrou 29 jogos, com 13 vitórias, 10 empates e seis derrotas.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama

*TM

Redação FNV