Independiente x Deportivo La Guaira- Como Aconteceu – Resultado, Destaques E Reação

A proeminência da camisa do Independiente. A alma vibrátil de uma torcida que chora sangue. Assim, é desse modo que inicio o texto. Logo, enfatizando pontos determinantes para a goleada dos Rojos. Pela 5ª rodada da primeira fase da Copa Sul-Americana, os Diablos ganharam por 4×0. Ou seja, seguem vivos para o confronto perante o Ceará. Diga-se, em busca de uma vitória por dois gols de diferença. Significando, por sua vez, a classificação para a próxima fase. (Independiente x Deportivo La Guaira- Como Aconteceu – Resultado, Destaques E Reação).

Tirante a presença de Cazares, Domínguez escalou a equipe conforme o previsto. Em suma, adotou um 4-3-3 organizado e colocou Andrés Felipe Roa, autor do terceiro e importante gol. Além disso, transformou seus 70% de posse de bola em 40 finalizações. 10 delas para o gol. A grandeza, que parecia ofuscada, voltou com seu técnico inspirado. E com os jogadores em noite de vontade e de brilho indeléveis. (Independiente x Deportivo La Guaira- Como Aconteceu – Resultado, Destaques E Reação).

1° Tempo: Chances Claras e Apenas Um Gol (Independiente x Deportivo La Guaira- Como Aconteceu – Resultado, Destaques E Reação)

O 3-4-2-1 do La Guaira, de certa forma, encurtou os espaços do Independiente. Entretanto, também afastou as linhas da equipe venezuelana, transformando o goleiro Sosa em mero espectador. Dessa forma, foram tão-somente duas finalizações em direção ao gol, das cinco totais do La Guaira. Tamanha fora o domínio dos Rojos.

Desse modo, diferentemente de outras ocasiões, não faltaram raça e maturidade tática aos Diablos. Todavia, decerto o desespero tomava conta na conclusão de jogadas. Como sói ocorrer havendo a obrigação de golear o adversário. Benavídez, Soñora, Cazares e Pozzo arriscavam, mais das vezes de fora d' área. Porém, faltava calma, embora a intensidade fosse incessante na primeira etapa.

Aos 41 minutos, Domingo Blanco domina. Encontra Rodriguéz pela esquerda. Ele cruza. A bola bate em Yohán Cumaná e entra. Gol contra! 1×0! Naquele então, o placar mínimo era insuficiente. Mas, Eduardo Domínguez teria brilho álacre na segunda etapa. Sendo extremamente inteligente em suas substituições.

2° Tempo: Mais Chances Claras e Três Gols

De imediato, aos 2 minutos há um cruzamento pela esquerda. Benegas aproveita de cabeça e faz. 2×0! Em suma, era tudo de que o Independiente precisava. Dessa maneira, o clube ainda tentava com Blanco e Benavídez. Porém, sem êxito. Aos 16, Domínguez opta por Leandro Fernández no lugar de Benavídez. Aos 23, Togni e Andrés Felipe Roa entram, substituindo Rodríguez e Pozzo.

As alterações auspiciaram mais fôlego e mais oportunidades ao time. Aliás, vale destacar o canto reiterado da torcida. Inclusive, o campo parecia iluminado, as palavras rezavam pelo terceiro gol. Aos 38, Insaurralde, num carrinho limpo, rouba a bola pela esquerda. Ele cruza para a direita, e Fernández, de primeira, toca para o meio. Roa modifica o placar. 3×0!

Eduardo Domínguez colocou em campo o assistente e o autor do terceiro gol. Ele estava iluminado. Aos 45, Fernández cruza e Benegas proporciona números finais ao prélio. 4×0! Em suma, agora o Independiente precisa vencer o Ceará por dois de diferença. Dessa forma, avançará para a próxima fase, ultrapassando o time brasileiro no saldo de gols. Ademais, a noite de ontem ressuscitou uma grandeza esquecida. Que sua torcida elevada fez questão de renascer.

Independiente x Deportivo La Guaira– E Agora?

Na próxima quarta-feira (25), às 21h:30, o Independiente jogará em casa contra o Ceará. Confronto válido pela última rodada da primeira fase. Como relatei, os Diablos precisam vencer por dois gols de diferença. Ou seja, algo perfeitamente verossímil. Em síntese, a partida de ontem mostrou que tudo é possível para essa camisa. Inclusive, os jogadores encontraram suas almas. O técnico, sua vida nas cores do clube. E enfim, a grandeza renasceu em seu povo, que parece ter ouvido o tango de Carlos Gardel com extrema paixão.

Foto destaque: Divulgação / Independiente

Daniel Muzitano
Formado em Publicidade pela faculdade Estácio de Sá, pós-graduado em Letras na instituição Veiga de Almeida, contribuiu, lexicograficamente, para o E-Dicionário de Termos Literários (Portugal), é revisor do Colégio Santo Agostinho, fluente em Espanhol, e, ainda hodiernamente, revisa teses de mestrado e de doutorado, dedica-se à área de etimologia e é colunista do Futebol na Veia, possuindo conhecimento amplo na ramificação do futebol.
Você está aqui
Futebol Na Veia > Futebol Sul-Americano > Copa Sul-Americana > Independiente x Deportivo La Guaira- Como Aconteceu – Resultado, Destaques E Reação