Hemerson Maria nega papel de ‘salvador da pátria’: “Isso não existe no futebol”

Antes de mais nada, nesta quinta-feira (12), em sua apresentação no Vila Nova, Hemerson Maria se mostrou com os pés no chão. Além disso, o treinador garantiu muito trabalho e ainda citou sua passagem pelo clube entre 2017 e 2018.

“Eu acredito muito em destino. Nada na minha vida foi pensando a longo prazo. Procuro dar o meu melhor no dia a dia e não esperar que as coisas aconteçam. Acredito que naquele momento, em 2018, o certo era o rompimento. Já havia um desgaste muito grande e foi dada oportunidade para outros profissionais que passaram por aqui. Não vou nem citar nomes, mas são amigos meus e deixaram um legado aqui. Agora estou pegando uma equipe estruturada, mas que tem o trabalho de vários técnicos anteriores: Bolívar, Márcio Fernandes, Wagner Lopes. Estamos chegando a uma fase crucial da competição, e acho que posso ser importante, mas também sem querer ser o ‘salvador da pátria’. Isso não existe no futebol”, garantiu o técnico.

Estrutura do clube é ponto positivo segundo o treinador

Posteriormente, Hemerson Maria demonstrou confiança no atual elenco do Tigre. Ademais, relembrou que tem boas expectativas quanto à adaptação em Goiânia, especialmente no Vila Nova. Por fim, o treinador afirmou que a boa estrutura do clube também vai ajudar no trabalho do grupo.

“Não costumo pegar trabalhos em andamento. Prefiro pegar no início de um ciclo, seja no começo do ano ou no início de uma competição. Acredito muito que o treinador precisa ter um elenco que vai se adaptar ao modelo de jogo. No entanto, um dos motivos que me fizeram mudar essa postura foram o convite do Vila Nova e também a questão da adaptação. Conheço cada pedaço aqui do OBA, do centro de treinamento, da cidade. O clube está muito mais organizado em termos de estrutura. O profissional que chega aqui tem ótimas condições de trabalho. Só isso basta? Não. Porém, analisando o elenco, vejo que tem características das quais gosto, como humildade, entrega e muita luta em campo”, finalizou Hemerson Maria.

Próximo compromisso de Hemerson Maria com o Vila Nova

Dando continuidade à Série B, após derrota para o Vasco por 1 x 0, o Vila Nova visita o Londrina, no Paraná, pela 18ª rodada. Sendo assim, neste domingo (15), as equipes se enfrentam no Estádio do Café, às 11h (horário de Brasília). Enquanto o Coloradoocupa a 14ª posição na tabela, com 18 pontos, o Tubarãopermanece na zona de rebaixamento, na 19ª colocação, com 13 pontos

Desfalques do Colorado

A princípio, os goianos devem ter pelo menos seis desfalques para o duelo contra o Londrina. Assim, Kelvin, Renan Mota e Dudu levaram o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Vasco e, assim, cumprem suspensão.

Além disso, o atacante Pedro Júnior e os volantes Pedro Bambu e Deivid permanecem no departamento médico do clube. O primeiro, teve diagnóstico de tendinite na posterior, o segundo sofreu lesão nos tendões do adutor e, por fim, o último fraturou o tornozelo.

Foto destaque: Divulgação/Vila Nova FC

Danyela Freitas
Sou goianiense, graduada em Letras pela Universidade Federal de Goiás (UFG), pós-graduada em Jornalismo Esportivo pela Estácio-SP e tenho três grandes paixões: a escrita, a leitura e o esporte (não necessariamente nessa ordem).