Guilherme artilheiro

Antes de mais nada, o Campeonato Brasileiro Série B terminou no último sábado (30).  Por conta disso, quatro equipes voltaram à elite do futebol brasileiro, são eles: Bragantino, que foi o campeão da competição, Sport, Coritiba e Atlético Goianiense. E, consequentemente, quatro equipes desceram para Série C: Vila Nova, Criciúma, São Bento e Londrina. Mas o Campeonato Brasileiro teve outros destaques, como o artilheiro da competição e também o líder em assistências. O atacante do Sport, Guilherme, foi o artilheiro da Série B com 17 gols. Por outro lado, Claudinho, do Bragantino, foi o líder em passes decisivos.

ARTHILEIRO

Em suma, a Série B de 2019 teve 791 gols e, logo, Guilherme foi o destaque nesse quesito, isolado na frente com 17 gols. Em seguida vem o atacante Fábio, do Oeste, com 15, e em terceiro houve um empate entre quatros jogadores, são eles: Roger, da Ponte Preta, Hernane, do Sport, Léo Ceará, do CRB, e Zé Roberto, do São Bento. Cada um balançou a rede 14 vezes.

Guilherme, que não deve continuar no Sport na próxima temporada, participou de 35 jogos pela Série B. Dessa maneira, esteve 2966 minutos em campo. O atacante marcou seu primeiro gol na competição logo na quarta rodada, contra o América Mineiro. De lá pra cá, o camisa 9 não parou mais. Também é líder no aproveitamento das finalizações, com 42 acertos em 103 chutes.

No jogo contra o Bragantino, no segundo turno, foi decisivo para a vitória do Leão por 2 x 1. Na maioria dos jogos, o atacante jogou os 90 minutos e tem 35% de percentagem de gols da equipe. Dos 17 marcados, sete foram importantes para que o Sport garantisse os três pontos na competição. Além disso, outros três foram de pênalti e o artilheiro só precisava de 174 minuto para balançar as redes.

Por outro lado, Fábio do Oeste, entrou em campo em 32 ocasiões e marcou 15 vezes. Mesmo com a equipe perdendo, o atacante vinha se destacando na temporada pelos gols marcados. O camisa 9 precisava de apenas 171 minutos para balançar as redes e tinha 37% de percentagem de gols da equipe. Outro dado que chama atenção é a precisão nos chutes: Fábio tem 27 acertos em 63 chutes. Sendo assim, um aproveitamento de 42,8%.

Mais Assistências

Em relação a passes decisivos, destaque para Claudinho, do Bragantino, com 11 assistências. O atacante jogou 2851 minutos e teve 21 participações direta de gols da equipe. Também balançou as redes 9 vezes. Em segundo lugar, houve um empate. Rodolfo do São Bento, Mazinho e Élvis do Oeste, Paulinho do Cuiabá e Aderlan do Bragantino tem sete assistências.

https://www.instagram.com/p/B5lvOKInaoT/?utm_source=ig_web_options_share_sheet

Foto Destaque: Reprodução/Twitter Sport Recife

Gabriel Gonçalves
Formado em jornalismo, escolhi esse caminho pois gosto de contar histórias para as pessoas. Apaixonado por esportes, agradeço ao meu avô por ter colocado o futebol na minha vida.

Artigos Relacionados